web analytics

Como ter um blog de Sucesso - passando pela escolha de hospedagem de sites

Por que criar um blog? Bem, de início, pensamos na praticidade de criarmos um blog ao invés de um site. São menos recursos, menos dinheiro e menos tempo investido num espaço que você poderá utilizar para se expressar, compartilhar o conteúdo que desejar e, ainda, ganhar dinheiro.

Com um blog, você pode desenvolver sua escrita e estilo e se estabelecer como referencia na área em que atua. Reforça sua marca, a si mesmo e consegue alcançar diversas pessoas que tem o potencial de se tornar seu público no futuro.

Ficou claro que criar um blog é uma ideia interessante… Mas por que será que muitos blogs não dão certo? Por que a maioria deixa de ser relevante ou, pior, sequer conseguem ser notados pelos exigentes usuários que navegam pela Internet diariamente?

Bem, são muitos os problemas… E vamos explorar a solução de cada um deles a seguir. Está pronto?!

 

 

Iniciando e moldando o blog.

 

O primeiro passo: se certificar de que você está pronto para se dedicar ao blog em tempo integral. Em seguida, é preciso decidir qual tipo de blog você fará. Será um espaço livre para você compartilhar seus pensamentos, ou falará sobre algum tema específico? O blog será de cunho pessoal ou profissional?

Depois disso, é preciso definir o público-alvo. O que esse público-alvo procura? Como eles procuram? Através da compreensão do nicho em que você está prestes a se inserir, é possível prever algumas ações por parte de usuários e disponibilizar o tipo de conteúdo que eles procuram, incrementando ainda mais seu número de acessos e aumentando exponencialmente seu tráfego.

Por fim, é preciso analisar se o nicho em questão dará um retorno satisfatório para continuar investindo nele. Se o retorno não se mostrar de acordo com o esperado, é preciso fazer duas perguntas: será que estou errando ou a área que procuro explorar não possui o potencial imaginado?

 

 

Escolhendo a plataforma e o domínio.

 

Existem diversas plataformas disponíveis no mercado, dependendo do tipo de blog que você está disposto a fazer. Até mesmo o Instagram, que tem sua base em fotos, pode ser considerado uma espécie de blog, já que permite a publicação de um conteúdo com interação de terceiros.

Se pensarmos no modelo mais tradicional de blogs, destacam-se duas empresas: o Blogger e o WordPress – que, por sinal, é considerada a melhor plataforma da atualidade, devido a qualidade, a simplicidade e a variedade de temas e plugins.

 

 

Por fim, não podemos esquecer do Tumblr, que também tem sido utilizado massivamente pelos usuários!

Quanto ao domínio, não basta apenas seguir o modelo www.nomedosite.com.br. É preciso compreender qual terminação é a ideal e se sua URL é fácil de ser lembrada e se resume a ideia de seu blog. Lembre-se que o domínio pode ser o primeiro contato de um usuário com seu blog, já que todos podem ver a URL antes mesmo de acessarem o site.

 

 

Definindo a melhor empresa de hospedagem de sites.

Tutorial: como contratar uma hospedagem de sites

Se deseja se estabelecer como profissional e referência em sua área, escolher uma empresa de hospedagem para seu blog é essencial. Existem diversas opções no mercado, com os mais variados planos. Lembre-se apenas de levar em consideração os seguintes elementos antes de tomar sua decisão:

  • Preço: o valor cobrado pela empresa deve dentro de seu orçamento e de acordo com o preço de mercado.
  • Suporte: a empresa deve estar pronta para prestar suporte e solucionar ou ajuda-lo a solucionar todo e qualquer problema apresentado pelo blog.
  • Backup: o espaço disponível para armazenamento de arquivos deve estar de acordo com sua realidade.
  • Uptime: qual a garantia de uptime apresentada pela empresa de hospedagem? Lembre-se: tempo é dinheiro, ainda mais na Internet. Quanto mais tempo seu site fica fora do ar, maiores são as chances de seu público migrar para o blog concorrente.
  • Banda: com banda, nos referimos à taxa disponível para transferência de arquivos. Assim como o armazenamento, ela deve estar de acordo com sua realidade.

E, por fim, lembre-se de procurar por reviews de outros usuários e de sites especializados antes de escolher uma empresa de hospedagem. Nada como ouvir alguém que já precisou tomar a mesma decisão que você, não é?

 

Você possui um blog? Já pensou em criar um? Tinha ciência dos passos citados acima e de como pode ser complexo se estabelecer como referência na área em que atua? Não deixe de compartilhar sua opinião com a comunidade do Dicas de Hospedagem através da seção de comentários!



Você também vai gostar de:

Share This