web analytics

Cada vez mais, as pessoas utilizam a Internet para fins que ultrapassam o entretenimento. Compras são realizadas virtualmente, orçamentos e pesquisas no geral. Logo, ter um site dedicado a seu negócio tornou-se essencial. Quando um site está sendo criado, porém, algumas coisas podem dar errado. Para aqueles que ainda dão os passos iniciais na árdua tarefa de estabelecer a presença de suas empresas na Internet, complementamos a publicação anterior dos quatro itens essenciais a considerar antes de lançar um novo site com os dez problemas comuns que sites em desenvolvimento podem apresentar. Vamos à lista!

 

 

1. Conteúdo que não oferece nada proveitoso aos visitantes

 

Muitas vezes, na busca pelo conteúdo que agrade os usuários, podemos escolher a direção errada e abordar temas que não beneficiam nem os visitantes, nem a empresa. Pense no que sua empresa representa para os clientes e, principalmente, determine o que seu público busca ao procurar seu negócio e ao visitar seu site. Você pode se surpreender com as informações adquiridas e como elas podem ajuda-lo a definir os rumos de seu website.

 

 

2. Explicações sobre a empresa ao invés dos produtos e serviços oferecidos

 

Este é um ponto muito importante, já que pode ser um dos primeiros erros cometidos na criação de um website. Quando pensamos em determinar nossa identidade na Internet, a primeira ideia que veem a cabeça é provar ao público a credibilidade do negócio através de sua história. Muitos pensam até em colocar um link na homepage para facilitar o acesso da história detalhada. O problema é que o público não está interessado nisso, num primeiro momento. Quem procura sua empresa tem uma necessidade, e tal necessidade deve ser suprida por um produto ou serviço. Logo, a prioridade é descobrir se sua empresa atende satisfatoriamente as demandas dos clientes. Priorize as informações sobre o que sua empresa oferece, deixando para segundo plano a história da empresa. Que tal um texto breve presente na própria homepage do site?

 

 

3. Layout e informações confusas

 

O que você considera vital nos sites que visita? O que eles devem possuir para chamar sua atenção? Que tipos de linguagem esses sites apresentam e como as informações são passadas para os visitantes? Tenha as respostas dessas perguntas em mente quando for se dedicar ao seu website. Por mais que sejam preferências que variam de usuário para usuário, é importante lembrar que seu site possui um status corporativo e serve como canal de comunicação entre você e seus clientes, sejam esses potenciais ou fidelizados. Logo, escreva para eles. Compartilhe as informações sobre seus produtos e serviços com clareza para que a compreensão seja facilitada.

 

 

4. Demora no carregamento

 

Muitos podem pensar que o problema apresentado aqui só depende da conexão, mas não! E explicaremos por que: muitas vezes, com o intuito de inovar no design do site, hospedamos imagens pesadas que prejudicam o carregamento do site. Pesquisas apontam que usuários podem perder interesse num website se ele leva mais de três segundos para carregar o conteúdo. Será que as informações sobre seu negócio serão carregadas em menos tempo? Bem, além da escolha nos arquivos e imagens hospedadas, há uma maneira de se certificar de que a velocidade de carregamento de seu website atenda essa exigência do público: a hospedagem. Muitas empresas de hospedagem oferecem serviços que priorizam justamente o carregamento ágil da página – sem contar os diversos outros elementos, como layout e suporte, que representam o diferencial e podem colaborar com a criação do site. Pesquise! No ranking nacional das melhores hospedagens de sites foi priorizado esse fator.

 

 

5. Design complexo

 

Como já mencionamos aqui, tendemos a buscar a inovação para que ela esteja atrelada à nossa imagem. Isso pode acontecer na criação de um website, e o design é um dos elementos que fornecem a liberdade necessária para a inovação. Entretanto, muito cuidado! Por mais que você não queira seu site similar a outros, os usuários já estão acostumados com alguns modelos que facilitam a navegação. Menus no topo ou à direita da página são comuns e representam uma boa opção no design de seu próprio site. Sendo assim, inove… Mas não prejudique a experiência de navegação com isso.

 

 

6. O site é muito carregado com imagens

 

Isso complementa o item número quatro, onde falamos sobre a demora no carregamento. Você vai querer que seus usuários consigam ler as informações contidas no site de maneira ágil e clara. Muitas vezes, imagens e gráficos em excesso podem atrapalhar isso, tornando o design confuso.

 

 

7. Plug-ins adicionais são necessários

 

Plug-ins são extensões necessárias para acessar um determinado conteúdo. O Flash é um deles, já que muitos sites tem sua parte gráfica desenvolvida com esse programa. Se você não quer que seus usuários precisem baixar plug-ins para visualizar seu site corretamente, é necessário cria-lo da maneira mais básica possível. Neste ponto, não há benefício ou viés. Como dissemos anteriormente, identifique o que seu publico busca e crie o site de acordo com sua expectativa. Se a necessidade de baixar plug-ins está afastando os visitantes, mude isso!

 

 

8. Links que retornam para a homepage (backlinks)

 

Como já abordamos em outro momento, a linkagem interna colabora para o SEO de seu site. Os backlinks ajudam a tornar a experiência de navegação ainda mais satisfatória. Por exemplo, imagine que, na busca por um determinado conteúdo, o usuário se depare com uma página que não é relevante para ele. Nesse caso, o backlink representa uma ótima ferramenta, pois o usuário precisará apenas acessá-lo para retornar à homepage do site e retomar sua busca.

 

 

9. Falta de informações para contato

 

Nos dias de hoje, é frustrante acessar a área Fale Conosco dos sites e se deparar com aqueles formulários onde você deve preencher os campos e aguardar sabe-se lá quanto tempo para ser respondido (conheça aqui os melhores plugins para formulários de contato do WordPress). Na era em que tudo está à distância de um único clique, é preciso que os usuários encontrem agilidade e praticidade quando tentarem entrar em contato com sua empresa. Sendo assim, deixe as informações para contato num lugar estratégico do site e, principalmente, certifique-se de que elas estejam sempre atualizadas.

 

 

10. Links quebrados

 

Além de atribuir ao site uma impressão de amadorismo, os links quebrados mostram-se extremamente frustrantes. Imagine que o visitante buscou por um determinado conteúdo e, quando o encontra, tenta acessá-lo pelo link e o mesmo leva-o para uma página em branco… De fato, isso não é nada positivo para seu site. Links quebrados representam uma das maneiras mais fáceis de perder visitantes. Certifique-se deque cada link em seu site leve o usuário para a página correta.

 



Você também vai gostar de:

Share This