web analytics

Palavras-chave: você pode estar fazendo isso errado.

Palavras-chave são importantes?

Ora, como isso é possível? Elas não servem apenas para facilitar as buscas em sites como Google ou Bing? Como é que um artifício como esse pode estar atrapalhando meu website?

Bem, partindo do princípio de que SEO e palavras-chave possuem uma relação direta, concluímos que a má utilização das famigeradas keywords está impedindo que mais pessoas conheçam o seu site – lembre-se, grande parte dos usuários que não possuem a url exata de seu site irão descobrí-lo através de uma simples pesquisa nos mecanismos de busca. Se as palavras-chave criadas por você não facilitarem essa pesquisa, significa que seu site não será tão visitado como poderia ser…

… e, acredite, um site bem construído possui um potencial gigantesco para captação de novos usuários e a formação de uma audiência fiel – o que é sempre interessante para evitar o bounce rate. Vamos falar mais sobre keywords, e você verá que o uso correto delas irá ajudar seu site a crescer.

 

 

A escolha das palavras-chave ideais

 

Vamos supor que você possui uma empresa de suprimentos para informática. Dentre seus produtos, estão teclados, mouses, memórias, HDs e hardwares em geral, bem como serviços mais especializados dentro da área da computação. Qual palavra-chave você deveria usar nesse caso?

Por mais que o termo “suprimentos para informática” defina bem sua empresa e consequentemente seu site, não são todos os usuários que farão uma busca com essas palavras. Muitos buscarão apenas pelo termo “mouse” quando tiverem um mouse quebrado, ou quem sabe “manutenção de computadores”, quando o computador parar de funcionar.

Logo, se sua área de atuação abrange várias possibilidades, por que não se aproveitar de todas elas? Opte por palavras-chave mais simples e que resumem bem a necessidade do cliente casual, pois serão elas que se revelarão mais efetivas. É a partir dos clientes casuais e da fidelização deles que conseguimos nos estabelecer no mercado.

Focando um pouco mais em HTML, vale a pena falar também sobre as Title tags. As Title tags definem o que deve ser exibido como título do site e é de suma importância para SEO. É através das Title tags que os algoritmos dos mecanismos de busca identificarão seu site.

Muitos usuários e desenvolvedores não utilizam Title tags, e aí está o primeiro erro. Acreditamos que o motivo já foi explicado no parágrafo anterior, mas não vemos problema algum em reforçar: sem a Title tag, o mecanismo de busca não terá esta que é uma informação crucial para definir o segmento em que seu site está inserido. Outro erro comum é situar Title tags em lugares errados. Elas devem estar logo abaixo da tag <HEAD>, enquanto as palavras-chave mais efetivas devem situar-se entre as tags <TITLE> e </TITLE>. Elas podem conter de quarenta até sessenta caracteres, considerando espaços.

Por fim, a terceira falha pode ser resumida num único motivo: a Title tag é fraca e não foi criada com as palavras-chave apropriadas. Se esses pontos não forem trabalhos, você não conseguirá alcançar o resultado que almeja.

 

 

Truques para dar um boost em seu SEO

 

O primeiro ponto que iremos explorar resume bem a ideia que deve estar por trás de seu site e a maneira que deve administrá-lo.

Você quer crescer? Quer alcançar o sucesso e manter o número de visitas no alto? Pois bem, se a intenção não é fazer uma página simples com o perfil de sua empresa, sempre trabalhe em melhorias para seu site. Não estamos dizendo que você nunca deve estar satisfeito com sua página, mas é preciso se reinventar sempre e aplicar as novas tecnologias a seu favor. Com o website, você estará inserido num mundo em constante mudança e deve seguir esse ritmo, se não quiser se tornar obsoleto e irrelevante.

Uma maneira interessante de melhorar seu site é analisar a concorrência. O que as outras empresas estão fazendo bem? Será que você faz o mesmo com seu site? Lembre-se de sempre empregar boas ideias na construção de seu site, não importa de onde elas venham!

 

 

Trabalhar na usabilidade do site também pode ajudar com SEO!

 

Outro fator importante é a URL. Você deve criar uma url amigável para seu site. Muitos ignoram a importância de uma url amigável, mas não a subestime. Ela é visualizada pelo usuário antes mesmo de acessar seu website. Vê como ela possui seu valor?

A url deve resumir o que sua empresa representa e, ao mesmo tempo, ser facilmente memorizada. Além disso, tente colocar alguma palavra-chave forte na url, se possível. Isso pode ajudar a reforçar ainda mais seu SEO.

Focando ainda na parte inicial do site, evite introduções em Flash e imagens nos menus iniciais e no topo da página. Por mais que esses elementos apresentem um impressionante efeito estético, os algoritmos dos mecanismos de busca não conseguem interpretá-los. Além disso, dificilmente você conseguirá adicionar algo realmente valioso e informativo para seu site com imagens e elementos em Flash.

Admitimos que, em determinadas áreas do site, aplicar o Flash pode ser interessante, mas na maioria das vezes são dispensáveis e podem ser substituídos por outras opções que colaborem com SEO.

O design da página é importante, mas você deve aliá-lo também a SEO. Logo, ao invés de usar imagens e Flash, considere utilizar tags como h1 e h2 e style sheets. Ambos são boas opções para conseguir um bom resultado estético e, ao mesmo tempo, colaborar com a otimização de sites.

Outro ponto importante é o marketing de conteúdo. Se você possui um conteúdo diferente, inovador e informativo, não deixe de aliar palavras-chave fortes a eles. Dessa maneira, outras áreas de seu site podem surgir como resultados das buscas, e não apenas a homepage. Marketing de conteúdo é, sem dúvidas, um dos segredos para melhorar seu SEO!

Coloque as palavras-chave num local que pareça natural. Você pode até utilizar recursos visuais como negrito ou itálico, para que elas se destaquem no design.

Lembre-se também de estabelecer uma relação direta entre as palavras-chave e os temas de suas publicações – e, se elas não possuírem relação alguma, talvez seja válido adaptar o conteúdo do site para que trabalhe junto das palavras-chave. O contrário também é interessante, se você conseguir pensar em palavras-chave fortes para ajustar às publicações.

Artigos de SEO

 

Já conhece nosso especial SEO? >>>

 

No caso dessa publicação que você está lendo, por exemplo, podemos utilizar diversas palavras-chave, como “SEO”, que representa a ideia central do artigo, bem como outras mais específicas. Até mesmo o termo “palavra-chave” pode ser definido como keyword, pois esse assunto teve destaque aqui.

Por fim, considere também linkagem interna e externa para melhor seu SEO. Isso não significa que você deve linkar à homepage  todas as áreas de seu site e colocar links de diversos sites que não tem nada a ver com sua empresa. A linkagem deve ser natural e deve incluir links variados, mas que possuam também algum tipo de relação para que os algoritmos dos mecanismos de busca possam identifica-los.

Novamente utilizando esse artigo como exemplo, note a quantidade de links internos dispostos naturalmente por toda a publicação. Com ela, mostramos assuntos tratados em outras oportunidades e que tem relação direta com o que está sendo explorado aqui.

SEO está em constante mudança, e devemos acompanha-las para empregar sempre boas estratégias em nossos websites. Se você está tendo problemas com SEO ou com a criação das palavras-chave, não deixe de usar ferramentas para avaliar a otimização de sites ou programas como o Google Adwords ou o WordTracker. Até mesmo contratar analistas de SEO pode ser uma boa pedida. Acredite, não tem problema algum em usar softwares ou uma visão mais especializada para ajudá-lo… O problema está em negar que, em determinados momentos, precisamos de ajuda.

Se você deseja saber mais sobre SEO, não deixe de acessar outras publicações do Dicas de Hospedagem sobre o tema clicando aqui

 



Você também vai gostar de:

Share This