web analytics

DOH-Homer

Na publicação de hoje, não iremos falar sobre o que está funcionando em seu site. Ao invés disso, focaremos no que pode estar errado.

Com isso em mente, vamos imaginar a seguinte situação: você possui um pequeno negócio e deseja estabelecer sua presença na Internet. Você planeja n maneiras de fazê-lo, como contratar uma boa equipe, dedicar uma determinada porção do seu tempo para trabalhar com conteúdo, analisar as diversas maneiras que os usuários acessam a web, dentre outros.

Aí, você começa a colocar o plano em prática, e vê que não é tão simples assim. Alguns percalços podem surgir no caminho, e muitas vezes optamos pelo caminho mais fácil…

… e é aí que mora o problema. Vamos entender isso melhor?

Amadorismo.

Talvez, os preços cobrados por algumas empresas de hospedagem ou equipes de desenvolvedores e designers assustem um pouco, o que faz com que pensemos em maneira alternativas e mais “amadoras” para desenvolver o site.

Se você comentar do problema com alguns amigos, com certeza ouvirá algo do tipo “tenho um colega que conhece de computador”. E então, você chama esse conhecido, e ele faz um preço bacana em troca de um serviço que estava força do seu orçamento.

Ou então, talvez você mesmo se aventure no desenvolvimento do site, a fim de poupar alguns trocados.

Não há nada de errado com isso. Mas é esse tipo de amadorismo que pode prejudicar a página ainda em seus passos iniciais. Quando uma equipe profissional está envolvida no desenvolvimento do site, são colocadas em prática diversas estratégias envolvendo o design, o conteúdo, a maneira com que as seções serão organizadas, Call to Action, SEO, dentre outros. Esse conhecimento é adquirido após muito estudo, pesquisa e experiência – e, felizmente, não é qualquer um que “sabe de computador” que tem esse tipo de conhecimento em mãos.

Outro problema pode estar relacionado com a empresa de hospedagem – alvo que tem a ver com o lado financeiro também, e afeta diretamente o desempenho do site. Primeiramente, a empresa de hospedagem impacta diretamente seu SEO, ou seja, se ela não for bem avaliada dentro dos parâmetros dos buscadores, dificilmente seu site se destacará dentre a forte competição na Internet.

Além disso, diversos outros problemas podem afligí-lo, como downtime, carregamento lento, falta de suporte e diversos outros elementos que, juntos, colaboram com uma experiência ruim de navegação e geram a temida bounce rate (que, por sua vez, coloca seu site ainda mais pra baixo no ranking dos buscadores).

Viu como tudo isso pode estar ligado? Por isso afirmamos: se for para criar um site, faça da maneira correta. Não deixe que o “caminho fácil” o atrapalhe no momento de tomar determinadas decisões. Isso influenciará diretamente o sucesso de seu site no futuro.

Problemas de acessibilidade.

Vamos falar primeiro do quesito velocidade. Se uma página leva mais de vinte segundos para carregar, dificilmente conseguirá converter o público. Algumas pesquisas afirmam que os usuários esperam de três até dez segundos para o carregamento de uma página ser concluído. Isso mostra como a Internet está dinâmica – e, se você não se adapta a essa realidade, outros sites o farão e conseguirão um público que você, inevitavelmente, acabará por perder.

Para evitar isso, existem algumas medidas que podem ser tomadas como, por exemplo, deixar a página mais leve. Além disso, você pode contratar um servidor cujo desempenho seja superior ao atual. Por fim, existem plugins que ajudam a deixar as páginas mais rápidas no carregamento.

Outro problema comum é a compatibilidade com dispositivos móveis (ou a falta dela). Cada vez mais, a Internet é acessada por celulares, tablets e smartphones, e um número reduzido de usuários mantém o acesso por desktops ou notebooks. Para conseguir atender todo público, é necessário que o site se adeque à plataforma que está sendo utilizada no momento.

Esse quesito é tão importante que até mesmo o Google está utilizando dessa propriedade para definir os parâmetros de seu buscador. E lembre-se: se você não de adequa a isso, perderá público para páginas que o fazem.

Para finalizar, um dos principais problemas que um site pode ter é a falta de objetivo – e isso pode ocorrer devido os mais variados fatores, como falta de conhecimento do público-alvo e da melhor maneira de se aproximar dele, o que seu site trará de conteúdo e como esse conteúdo será disponibilizado, dentre outros.

Desenvolva sua ideia, conheça seu público, encontre a melhor maneira de chegar até ele e cerque-se por profissionais competentes. Todas essas iniciativas representam um bom começo – e a garantia de que, se existe algum problema em seu site, você não é um deles.

Você conhece outros problemas típicos em sites iniciantes ou páginas de pequenas empresas? Compartilhe com a comunidade do Dicas de Hospedagem através da seção de comentários!



Você também vai gostar de:

Share This