web analytics

Marketing de Conteúdo

Nós sempre dedicamos um espaço no Dicas de Hospedagem para compartilhar boas práticas que aumentam os acessos num site. Uma delas, que ganhou ainda mais força em 2014 e tem tudo para ganhar novos adeptos em 2015 é o marketing de conteúdo. Se bem administrado, o marketing de conteúdo garante credibilidade e movimenta todo o tráfego do seu site, pois as publicações são comentadas pelos visitantes e podem até ser compartilhadas nas redes sociais.

O grande problema do marketing de conteúdo é na prática impensada e não planejada. Se você não compreende o que seu público busca e não pensa no melhor formato para passar as informações para ele, a tendência é que os usuários deixem de visitar o seu site – ou, ainda pior, que os usuários visitem sua página, mas saiam rapidamente, sem dedicar o devido tempo para explorá-la. Isso aumenta a taxa conhecida por bounce rate, um dos grandes inimigos de qualquer pessoa que deseja construir um site de sucesso.

Na publicação de hoje, falaremos sobre isso: onde está o erro? O que podemos fazer para remediá-lo?

 

 

Os novos costumes dos usuários.

 

Como dissemos acima, é preciso conhecer seu público. Quanto tempo cada pessoa dedica para ler conteúdos de seu interesse na Internet? Como esse conteúdo é apresentado? O que ele deve ter para que o usuário comente e compartilhe em seu perfil do Facebook?

Muitas pessoas se preocupam com o tamanho do texto – afinal, a ideia de que os usuários leem de 20 a 30% do texto já foi bem propagada e é de conhecimento de praticamente qualquer um que administra um site. Com base nisso, nos deparamos com dois pensamentos distintos.

“Devo criar um texto grande, cheio de imagens e outros recursos visuais para conquistar a atenção do meu visitante”.

Ou

“Um texto pequeno é mais efetivo porque o usuário de hoje em dia não tem paciência e nem tempo para ler um texto muito longo”.

Nenhuma das linhas de pensamento está completamente errada, mas também não estão corretas. Os textos grandes realmente são mais difíceis de ler e muitos usuários deixam a página antes mesmo de começar a leitura dos mesmos, mas eles realmente captam a atenção de determinados usuários que buscam por um conteúdo mais completo e diferenciado.

Na realidade, a mensagem que fica é que o foco não deve ser no tamanho do texto, e sim na construção natural do conteúdo. Se você está escrevendo um texto, deve pensar em todas as etapas do mesmo para que ele tenha sentido e, ao mesmo tempo, não fique muito cansativo. Uma boa ideia para conquistar esse equilíbrio é ir direto ao ponto. Não fique preparando muito o terreno, introduzindo demais o assunto e evitando o ponto principal do texto. Quanto mais rápido o tema do texto for apresentado ao leitor em sua totalidade, mais rápido ele terá acesso ao conteúdo e, com o restante de tempo disponível, ele poderá visitar outras áreas do seu site ou então até comentar a publicação.

 

 

Mas e quanto ao SEO?

 

Lembre-se que, além de manter seu próprio visitante interessado, um de seus objetivos primordiais é conquistar uma nova audiência… Uma audiência que usa cada vez mais os mecanismos de busca para encontrar o que procura – em média , apenas 39% do tráfego de um site faz a entrada convencional pela homepage. O restante vem pelo chamado “sideway surfing”, ou seja, pelos mecanismos de busca.

Artigos de SEO

E um texto grande ou pequeno pode ter impacto em seu posicionamento no ranking do Google? É claro que sim! Pesquisas realizadas por profissionais na área de otimização de sites comprovam que os resultados que aparecem no topo das buscas realizadas no Google possuem publicações com mais de duas mil palavras. Isso já contraria a ideia dos benefícios do texto pequeno!

Mas por que o Google dá preferência para textos grandes? Isso acontece por causa do mecanismo chamado Googlebot, que analisa o conteúdo e busca por palavras-chaves que batem com a pesquisa que o usuário está fazendo. É mais fácil encontrar termos em comum num texto grande do que numa publicação de tamanho reduzido.

 

 

Qual deve ser meu processo de escrita?

 

Bem, isso vai de cada um. Já dissemos que o escritor não pode se preocupar com o tamanho do texto, que ele deve ser desenvolvido naturalmente e com foco direto no ponto principal. Mas para aqueles que não sabem como fazer isso, aqui vão dois pontos de atenção.

  1. Escrever algo interessante.

Essa deve ser sua preocupação primordial. Você deve apresentar um conteúdo que seu público que ler. De nada adianta você construir um bom texto cujo tema não interessa a sua audiência. Esse se revela um dos maiores desafios de qualquer escritor, logo não há problema algum em dedicar um bom tempo nessa etapa.

  1. Eliminar o que não está interessante.

Muitos escritores tem medo de escrever demais, de escrever algo redundante ou desnecessário, que estrague o texto ou prejudique sua qualidade. É para evitar isso que a revisão do texto se faz necessária. Além de eliminar eventuais erros ortográficos – não é nem preciso dizer que seu texto não pode ter erros de português, não é? – o escritor consegue ter uma ideia mais geral da publicação e, com isso, pode eliminar partes do texto que na construção pareceram necessárias, mas que no resultado final mostram-se dispensáveis.

E não é só isso! Um dos fatores que deve ser desenvolvido é o estilo. Cada escritor possui um estilo diferente de escrita e muitos são reconhecidos por isso. Se você conseguir encontrar seu próprio estilo de escrita, é como se atribuísse uma espécie de “marca” a você. Muitos leitores poderão identificar um texto seu sem sequer verem o seu nome nos créditos.

A importância de conteúdo para SEOPara concluir, lembre-se que a frequência é outro fator importantíssimo. De que adianta construir um bom site e desenvolver o marketing de conteúdo do jeito certo, sendo que os textos são postados sem uma frequência? Os usuários devem saber quando encontrarão uma nova publicação em seu site. Sem contar que longos períodos de inatividade podem atribuir uma aparência amadora à sua página – e isso prejudica diretamente a sua empresa.

Você trabalha com o marketing de conteúdo em seu site? Como está desenvolvendo-o e quais foram os resultados até agora? Percebeu que está deixando de praticar algum dos pontos citados nessa publicação?

Não deixe de participar do Dicas de Hospedagem através da seção de comentários!



Você também vai gostar de:

Share This