web analytics

SEO. Estas três letras fazem toda a diferença na hora da definição de sucesso de uma página na internet. O único problema destas técnicas é saber qual é a medida certa de SEO que temos de fazer. Entre os especialistas em otimização de site estas diferenças têm nome: Black Hat  (que já falamos em outra oportunidade) e White Hat SEO. Hoje, o Dicas de Hospedagem vai explicar a segunda técnica. Ela é totalmente recomendável para quem deseja ter sucesso na web.

Para quem não sabe, SEO são conjuntos de técnicas e estratégias que fazem um site se posicionar em melhores posições nos sites de busca. A diferença entre Black e White Hat SEO é a tolerância do Google em relação às técnicas para busca de links externos. Black Hat SEO é sofre diversas punições (inclusive banimento das buscas). Já o White Hat SEO é totalmente tolerado e os benefícios destas técnicas significam (nos melhores casos) o primeiro lugar no Google.

As técnicas de White Hat SEO são On-page (dentro do site) e Off-page (fora do site). Dentro do site, as técnicas se definem em relação ao uso de palavras-chaves certas para dar relevância ao site, de códigos HTML (ou PHP) que deixam a página leve e de linkagem interna (dentro da própria página). O White Hat SEO Off-page é um pouco mais trabalhoso e vai exigir um pouco mais de explicações.

 white hat versus black hat

Como fazer um bom White Hat SEO Off-page 

A técnica se refere à conquista de backlinks de qualidade para o seu site. Você pode fazer isso através de trocas de links, guest-posts em outros sites e criando conteúdo que será replicado em outras páginas da internet. Há de se ter em mente alguns fatores nestas três técnicas. O primeiro é que trocas de links devem ser feitas com conteúdo relacionado ao seu e que há um limite para não ser considerado Black Hat. O outro é que guest-posts não devem ser publicados em seu site. Senão o conteúdo fica duplicado. 

Outros cuidados que você deve ter na criação de links externos é não cair nas seguintes tentações: a) criar cadastro automático em diversos sites; b) não fazer “farms links”, ou seja, criar diversos blogs inúteis só para linkar a sua página principal e; c) não mandar spams em comentários de outros blogs e fóruns. Estas técnicas não vão melhorar muito a sua posição nos buscadores e dependendo da intensidade destas técnicas, você poderá ser punido.

Utilizar técnicas White Hat para SEO é totalmente recomendável. Apesar das mudanças na atualização do Google Panda (que privilegiam mais conteúdo do que links externos), ainda é válido ter moral na web com o White SEO. Por isso, fique esperto e tente utilizar as técnicas para otimização do seu site. Se isto for feito na medida certa, pode ter certeza que você só tem a ganhar em termos de popularidade na web!

 

Ferramentas de SEO

Fazer SEO White Hat exige, além de conhecimentos específicos, boas ferramentas de suporte. Comece com algo básico, como algumas pesquisas de palavras-chave no Google usando a ferramenta do Adwords. Para começar a acompanhar resultados e ter uma visão ampla e detalhada de como seu site está progredindo, considere também usar ferramentas profissionais, como o SEOMoz. Este app online permite acompanhar projetos, ver quantos links seu site tem (e ter uma ideia de como conseguir mais), analisar concorrentes, e implementar estratégias avançadas de SEO que de outro modo seriam difíceis de fazer. E o melhor: a ferramenta pode ser usada de graça por 30 dias, para você poder usufruir dos benefícios de um projeto de SEO bem gerenciado! É aproveitar e colher os bons frutos!



Você também vai gostar de:

Share This