web analytics

Os últimos dois anos deixaram um fato evidente: segurança nunca é o bastante, quando se trata da Internet. Mesmo os maiores portais e redes sociais já foram invadidos por hackers e tornaram-se vítimas de ataques maliciosos, logo toda precaução é muito bem-vinda.

Se você possui um site que exige o compartilhamento de informações privadas dos usuários – como senhas, dados de cartões de crédito e informações pessoais – possuir um certificado SSL é mais do que importante; é vital.

Além de proteger a idoneidade das informações de seu público, você consegue passar uma imagem mais confiável e, consequentemente, atingirá uma audiência ainda maior.

Não sabe ainda o que é o certificado SSL? Está na dúvida se precisa mesmo de um? Continue com a gente e tire suas próprias conclusões!

O que é Certificado SSL?

Numa ponta, temos o usuário. Na outra, o site. Entre elas, um extenso espaço onde as informações trafegam. Solicitações de acesso, compartilhamento de informações, inserção de dados, dentre outros… Esse espaço é muito valioso e, por isso, extremamente visado por hackers. Imagine quanta informação uma pessoa obteria se conseguisse a proeza de invadir o banco de dados da Amazon?

Aposto que, quando você leu Amazon, pensou “que exemplo inadequado, a Amazon é sinônimo de segurança”.

Você não está errado, e aproveito a situação para levantar a seguinte pergunta: por que a imagem de segurança é tão frequentemente atrelada a Amazon?

Porque a empresa sabe da quantidade de transações que seus bancos de dados hospedam e justamente por isso tomam as devidas precauções para protegê-las. Isso só é possível com o SSL, um certificado que impede a leitura de informações sigilosas.

Com essa ideia em mente, a Amazon sabe que os usuários confiarão na empresa a ponto de realizar novas compras, e sua imagem estará intacta quando nos referirmos ao quesito segurança.

Mas como o certificado SSL funciona? Como eu sei qual site o possui ou não?

Como funciona o Certificando SSL?

Através da criptografia, o certificado SSL garante o sigiloso de informações privadas. Diversos sites utilizam esse recurso – inclusive, se você prestar atenção, todas as suas conversas no Whatsapp exibem uma mensagem de que “a conversa está protegida com criptografia de ponta-a-ponta”. Essa é a garantia de que a empresa não registra o histórico em seu banco de dados e, por isso, ninguém poderá acessá-lo no futuro.

O mesmo acontece com as informações do seu cartão de crédito ou com sua senha na rede social… A não ser que você permita, elas não permanecem salvas.

Outra maneira que o SSL encontra para atribuir segurança a um site e tornar conhecido o administrador do mesmo. Os clientes saberão exatamente com quem estão comprando, se o site possuir o certificado SSL. Essa é uma das exigências para conseguir o certificado, ou seja, um site não poderá tê-lo se não ficar claro quem é o dono do mesmo. Diversos métodos são utilizados para obter e confirmar essas informações, e isso ajuda a confirmar com quem estamos fazendo negócios.

Após o site adquirir o certificado SSL, os usuários ficam sabendo pela própria URL, como mostra a imagem abaixo.

o que é certificado ssl

 

Como exemplo, temos outra referência de segurança na Internet, o Paypal.

Ok, você já sabe o que é o certificado SSL e está ciente da maneira com que ele funciona. Agora, fica a pergunta final…

 

… será que devo ter o certificado SSL?

Vamos levantar alguns pontos importantes:

  • se seu site exige informações pessoais dos usuários, como dados, informações de cartão de crédito ou senhas, você precisa do certificado SSL.
  • se você quer ter um site rápido, ter diversas camadas de criptografia podem torna-lo lento.
  • conseguir o certificado SSL exige um investimento financeiro considerável.
  • nem todas as páginas do site precisam ter o certificado.

Com tais pontos em mente, é necessário compreender como seu site se enquadra nisso. Ter apenas algumas páginas criptografadas ajudam no quesito velocidade e custo, mas talvez o usuário acesse seu site justo pela página sem SSL e conclua que não está num ambiente seguro.

Compreender como seu público se comporta também é essencial para tomar esse tipo de decisão. Por fim, é possível procurar por empresas de hospedagem que oferecem planos com o certificado SSL. Isso pode ajudar a economizar alguns trocados para investir em outras áreas do site.

Para mais informações sobre segurança na Internet, continue ligado no Dicas de Hospedagem!



Você também vai gostar de:

Share This