web analytics

Anteriormente discutimos aqui sobre a hora certa de mudar para um servidor dedicado, e inclusive demos conselhos sobre planos de hospedagem dedicada baratos. Neste artigo, vamos abordar a questão pela perspectiva oposta: hospedagem compartilhada (shared hosting) é suficiente para o seu site?

Uma questão bastante comum entre webmasters e pequenos negócios com presença online é: “meu site está crescendo, e o tráfego também, então como sei quando é a hora de mudar para uma hospedagem mais robusta?” Há vários fatores que guiam a resposta a esta pergunta. Assumindo que a maioria dos sites pessoais ou de pequenos negócios começam em contas de hospedagem comum (compartilhada), há  alguns pontos a levar em consideração antes de pensar em ampliar o plano de hospedagem para um servidor virtual ou mesmo dedicado. Vejamos alguns deles.

Tamanho do site

O tamanho do site é um bom indicador do plano de hospedagem mais apropriado para o médio/longo prazo. Há basicamente dois fatores ligados a isso: espaço em disco e tráfego mensal de dados.

Espaço em disco: esse termo refere-se a quanto espaço em disco seu site ocupa no provedor de hospedagem. Há uma regra muito útil para saber se o espaço oferecido é adequado: multiplique o número de páginas do seu site pelo tamanho médio de cada página. Multiplique esse resultado por dois, e você terá aproximadamente o espaço necessário para hospedar seu site confortavelmente. Se você está usando sistemas como o WordPress ou Joomla para gerenciar seu site, será preciso levar em conta o quanto esses sistemas consomem em disco para serem instalados, também (por exemplo, o WordPress consome um pouco menos de 20Mb, contando alguns plugins e temas).

Considere, ainda, que se você for utilizar arquivos de vídeo ou áudio hospedados no mesmo servidor do site, o espaço exigido pode aumentar consideravelmente. Se você for apenas incluir vídeos do YouTube [link] ou Vimeo no seu site, não será preciso levar em conta seu tamanho, já que não estarão hospedados na sua conta.

Transferência mensal de dados: um segundo fator para o tamanho do seu site é a quantidade de dados que ele trafega na rede. Esse fator é conhecido como ‘transferência mensal’, ‘tráfego mensal’, ou ‘bandwidth’, em inglês. A transferência mensal de dados do seu site é reflexo direto de quantos visitantes você recebe, e também do tamanho dos arquivos do seu site. Quanto mais visitantes seu site recebe, mais transferência mensal ele consome. Como notado antes, vídeos e arquivos de áudio consomem bastante espaço em disco e transferência mensal, se estiverem na sua conta. Não há um modo fácil de calcular quanta transferência mensal seu site irá consumir, já que há vários fatores envolvidos, mas os provedores de hospedagem mantêm essas estatísticas no painel de controle da sua conta, de modo que é fácil saber se os limites estão sendo suficientes.

Confiabilidade e poder de processamento

O termo conhecido como ‘uptime’ indica em média quanto tempo seu site ficará no ar sem interrupções no servidor ou na rede. Esse fator é chave para a confiabilidade do seu site.

Todas as boas empresas de hospedagem têm múltiplas conexões entre seus servidores e a internet, além de geradores de energia independentes e sistemas de backup. Essas precauções são necessárias para que seu site fique no ar o máximo de tempo possível, sem interrupções ou redução de velocidade. Planos de hospedagem compartilhada geralmente têm um bom uptime, porque os servidores abrigam centenas de sites, e são monitorados com freqüência.

Um outro fator importante é a capacidade de processamento do servidor. Hospedagem de sites compartilhada é excelente para sites em HTML, e também para sistemas de gerenciamento como WordPress e Joomla, desde que não haja muito tráfego. O WordPress, por exemplo, consome muito mais processamento do servidor para funcionar do que páginas em HTML puro. Considerando que seu site divide espaço em disco e também processamento com vários outros sites, se você tiver mais que algumas centenas de visitantes por dia, começará a notar uma redução no desempenho do site, que demorará mais para abrir no navegador.

Hospedagens compartilhadas não dedicam processamento e memória RAM às contas dos usuários, e por isso todo mundo compartilha todos os recursos. A regra mais adotada pelos provedores é que cada conta pode usar até 10% do processador durante períodos de pico; se o uso ultrapassar esse valor, a conta é temporariamente suspensa, e o site volta a funcionar quando as coisas se acalmarem.

Embora essa medida pareça drástica, raramente sites de uso normal alcançam os 10% do processador. Se você gerencia seu site de perto, perceberá quando o poder de processamento for insuficiente, o que irá coincidir com o aumento do número de visitantes ao site.

Uma boa regra é: se você está mudando de hospedagem, e seu site já tem mais de 3000 visitantes únicos por mês, considere planos mais poderosos, como VPS (servidor virtual) e servidor dedicado. Mas se você está começando seu site agora ou migrando um site com menos de 3000 visitas únicas por mês (é o caso da maioria das pessoas), os planos de hospedagem compartilhada irão atendê-lo perfeitamente, em condições normais de uso.

Tem dúvidas sobre qual tipo de plano usar? Mostre sua opinião nos comentários, ou comunique-se no nosso fórum!



Você também vai gostar de:

Share This