web analytics

A dificuldade de lidar com códigos HTML é uma das maiores barreiras para se fazer grandes modificações ou criar uma página personalizada na internet. Algumas ficam limitadas ou os desenvolvedores têm de pagar para alguém fazer um serviço mais estilizado em uma página web. Este é um problema que pode ser ultrapassado com o lançamento do Adobe Muse, uma ferramenta da Adobe que permite criar de sites sem saber nada de HTML.

O Adobe Muse (que ainda está em versão Beta) funciona como o InDesign, outro programa da empresa. Ao invés de editar os códigos no HTML ou CSS do site, o usuário tem que apenas criar os itens que deseja na página, tal como se estivesse diagramando. Ou seja, há muito mais liberdade de criação de templates, já que o usuário precisa apenas da criatividade para a publicação na net. No programa, são quatro etapas para a criação de um site.

Facilidade de planejamento

A primeira etapa é a de planejamento. Com o Adobe Muse, você tem capacidade de criar sitemaps, Páginas-mestre e os elementos que ficam na parte lateral da casa. O sitemap vai permitir que você estruture a base da sua página. Ela que vai definir como são todas as outras páginas do site. Você só precisa configurá-la. Para terminar a primeira parte do processo, você vai definir os widgets que vai usar em seu site. A criação deles é feita no próprio programa.

Design intuitivo

A segunda parte é cuidar do design da página. Como a própria Adobe diz, você vai poder fazer isto com liberdade. Há diversas ferramentas para fazer isto como a de escolher o tamanho dos cabeçalhos, colunas e outros elementos dentro do site. Também você vai poder criar blocos no local onde você quiser e escolher a cor (ou cores) de fundo que seja melhor para você. Você pode colocar um menu extra no local onde mais deseja. Tudo de forma bem fácil.

Widgets que ampliam as funcionalidades

Por fim, o programa conta com widgets extras, como por exemplo, a adição de mapas, links âncoras, pop-up para vídeos ou itens em Flash. A última etapa do processo é o da publicação. Depois de tudo pronto você faz a exportação do site em HTML. A Adobe oferece um serviço de hospedagem próprio, mas se você tiver um site já registrado não há problemas em utilizá-lo. Dá para fazer via FTP.

O Muse em ação

A Adobe preparou um vídeo mostrando a ferramenta em ação. Confira:

Como dito no início da postagem, o serviço ainda é Beta e tem previsão para comercialização em 2012. Não dá para saber como funcionaria em relação a alguns elementos como SEO e se a ideia vai pegar. O serviço vai custar 20 dólares por mês ou 180 por ano. Por enquanto ainda é possível fazer o download grátis do programa. Se  você quiser experimentar a novidade, o Dicas de Hospedagem disponibiliza o link aqui. O site do Muse é todo feito com esta ferramenta.



Você também vai gostar de:

Share This