web analytics

Em junho, o CIS (Center for Internet Security, ou Centro para Segurança da Internet, numa tradução livre) divulgou um relatório sobre os avanços na área da segurança na rede, bem como as parcerias firmadas entre a entidade e outros grupos e empresas que visam o mesmo ideal.

O relatório refere-se a 2013 e, de acordo com o CEO da CIS, William Pelgrin, as conquistas estão diretamente ligadas ao crescente número de incidentes na rede e a necessidade de mudar essa situação.

Você conhece o Center for Internet Security? Não? Então, antes de divulgar os principais pontos do relatório, vamos conhecer um pouco mais sobre a entidade.

 

 

Sobre o CIS.

Center for Internet Security - CIS

O CIS é uma organização sem fins lucrativos que visa o fortalecimento da segurança na Internet e a conscientização de empresas dos setores público e privado da importância em trabalhar para melhorar a web nesse quesito. Isso é feito através de parcerias e colaboração entre o CIS e terceiros.

Através da divulgação de conteúdos relacionados ao tema de segurança e da realização de pesquisas e projetos, o CIS aponta as principais falhas de segurança na Internet e a melhor maneira de resolvê-las.

Para ter uma ideia da importância do CIS, seu banco de dados é utilizado como referência e fonte de consulta por governos municipais, estaduais e federais, bem como órgãos públicos de grande porte como a Guarda Nacional. Além disso, o CIS dá toda a assistência necessária para empresas atingirem o objetivo primordial na difícil tarefa de manterem-se livres das ameaças cibernéticas.

Para saber mais sobre o Center for Internet Security, clique aqui.

 

 

Os destaques do relatório do CIS.

 

Vale destacar, inicialmente, duas parcerias: a primeira diz respeito à relação cada vez mais próxima entre o CIS e as entidades públicas de segurança, como a Guarda Nacional. Atualmente, o CIS tem fornecido dados e informações relevantes sobre a melhor maneira de lidar com alguns ataques cibernéticos, bem como as medidas de prevenção mais efetivas. A segunda parceria tem relação com a realocação de alguns membros de equipes dos setores de infraestrutura para o time de inteligência do CIS. A intenção é fortalecer a efetividade e o tempo de resposta contra ações que ameacem a segurança na rede.

Outro ponto importante do relatório foi a iniciativa do CIS de realizar uma pesquisa a nível municipal, estadual e federal para determinar quão satisfatória é a segurança na Internet. A pesquisa é fruto de uma ação conjunta entre o CIS, o U.S. Department of Homeland Security (DHS), a National Association of State Chief Information Officers (NASCIO) e a National Association of Counties (NACo).

A pesquisa, nomeada Nationwide Cyber Security Review, contempla cinquenta estados – um aumento de 86% se compararmos a última pesquisa, realizada em 2011. Isso representa não só a importância cada vez maior do CIS, como também a conscientização de empresas e órgãos públicos de que é preciso se preocupar com a segurança na web.

Como consequência da Nationwide Cyber Security Review, o CIS deu início ao programa Managed Security Services (MSS), que fornece um monitoramento da segurança na web em tempo real. Graças à união com o DHS, o programa abrangerá cinquenta estados norte-americanos e ajudará a fortalecer a infraestrutura de segurança, bem como a implementação do NIST Cyber Security Framework, uma espécie de guia com as ameaças à segurança já existentes e as melhores medidas para evita-las.

As parcerias do CIS ultrapassam também as barreiras norte-americanas. Juntamente da OTAN, a entidade planeja uma iniciativa para prover uma postura ainda mais atenta e forte as ameaças à segurança na Internet. Para tal, foram mobilizadas equipes de dezesseis países e de três instituições internacionais.

Para finalizar, vale mencionar a iniciativa do CIS de desenvolver soluções práticas para fortalecer a segurança à rede conectada a sistemas de saúde e dispositivos médicos. A ação se deu em 2013 e promete avanços nos próximos anos, dentro e fora da área da Saúde.

Fica cada vez mais clara a boa reputação do CIS e sua importância para o mercado. Softwares que buscam a certificação da entidade tiveram um aumento de 44%, e a tendência é que os padrões de segurança do CIS sirvam de referência para as mais diversas empresas e organizações públicas.



Você também vai gostar de:

Share This