web analytics

A questão é realmente polêmica. Em um momento onde temos acesso a ver e publicar tudo que é possível na internet, fica difícil saber o que foi criado e o que foi copiado de algum outro lugar. A questão do plágio na internet vai desde conteúdo e chega até a questão dos registros de domínios. E tão difícil como definir o que é copiado ou não, é saber como proteger o seu conteúdo de forma que as suas ideias acabem sendo roubadas e usadas indevidamente por outras pessoas. 

Plágio na Internet

Plágio com nome de domínios e páginas 

 

Vamos falar primeiro da questão do plágio envolvendo nomes de sites e páginas na web. Talvez seja a questão mais delicada na internet, já que é difícil saber o que é livre ou não na web. Enquanto esta discussão ainda está em debate, aparecem algumas brigas na justiça relacionada ao uso de patentes. E não são entre pequenas empresas. Neste caso estamos falando de duas gigantes da tecnologia atualmente: o Yahoo! e o Facebook. 

Há cerca de um mês, o Yahoo! acabou entrando com um processo contra o Facebook. A alegação era de que a empresa de Mark Zuckerberg estava violando patentes de produtos criados originalmente pelo Yahoo!. Como troco, o Facebook acabou também processando o Yahoo! com a mesma alegação de que o conteúdo desta empresa (inclusive a home page) utilizavam diversos produtos patenteados pelo Facebook sem pagar nada por isso. 

Mas não é preciso chegar tão longe para proteger uma página ou nome de site. Por enquanto, a melhor maneira de se proteger é utilizando o velho e bom registro de patentes. Então se você tem uma empresa patenteada e planeja colocar na internet, é totalmente possível reivindicar o nome do seu site. 

 

Plágio de conteúdo

 

Já a melhor forma de se proteger de plágio de conteúdos na internet é utilizando licenças de publicação. A mais popular delas é a Creative Commons, que permite a publicação de um conteúdo desde que a fonte seja citada. Mas ainda outra coisa: o plágio de conteúdo publicado na web é punido sem ao menos precisar de tribunal. Sites que costumar usar o Crtl + C e Crtl + V costumam perder muitos lugares no Google. Ou seja, copiar conteúdos é um passo para ser um fracasso na web. 

 

Para quem quer encontrar plágio de conteúdo, há algumas ferramentas que permitem encontrar se há sites que estão copiando algo da sua página. A mais conhecida dela é o Copyscape (veja como funciona no vídeo a seguir). Neste site é só colocar o endereço de sua página no campo que há e logo vão aparecer resultados no qual o seu conteúdo é duplicado. O que fazer após isto? Há duas coisas a fazer. Primeiro ver se a cópia está prejudicando o seu site e depois entrar em contato com o administrador do site que copiou o conteúdo. Boa sorte. 

 



Você também vai gostar de:

Share This