web analytics

Muitas postagens do Dicas de Hospedagem têm tocado em um termo que cada vez mais é relacionado ao mundo do TI: o outsourcing. A nossa série sobre os maiores datacenters do mundo tem falado de empresas que administram centros de dados apenas em regime outsourcing. Por isso, no artigo de hoje nós vamos explicar o que é outsourcing e qual é a relação deste tipo de serviço com o mundo da tecnologia da informação.

Em tradução literal, outsourcing significa terceirização. Ou seja, trata-se de todo o serviço delegado a uma empresa parceira. Quase toda organização terceiriza de alguma forma.  A área da tecnologia é uma das que mais tem terceirização de serviços. Afinal, existem empresas poderosas que não têm a mínima tradição de lidar com bancos de dados por isso optam pelo serviço chamado de Information Technology Outsourcing (ITO). E empresas de datacenters têm sido uma das que mais oferecem o serviço.

Os serviços de outsourcing na área da tecnologia de informação vão desde negócios de terceirização de call centers, setores específicos da área tecnológica de uma empresa e gestão de bancos de dados. As vantagens destes contratos de terceirização de serviços têm feito cada vez mais empresas aderirem ao processo. Este trabalho apresenta eficácia uma vez que as empresas não precisam se preocupar com tecnologia, já que deixam esta área para quem tem um conhecimento específico.

Estes contratos de terceirização envolvem negócios que podem chegar a centenas de milhões de dólares. Frequentemente, as pessoas que executam o trabalho internamente para a empresa do cliente são transferidas e se tornam trabalhadores para o prestador de serviço. As empresas que se destacam na terceirização de tecnologia da informação no mundo são a IBM, CSC, HP, Accenture, entre outras.

Como se pode ver, os contratos desta modalidade de serviço podem ser pequenos ou grandes. Às vezes uma empresa se responsabiliza por todo o processo de outsourcing. Em outros casos são várias empresas que cuidam disto. O processo tem quatro etapas:

1) o pensamento estratégico, para desenvolver o papel da terceirização de suas atividades;

2) avaliação e seleção, para decidir sobre os projetos apropriados, possíveis locais de trabalho e prestadores de serviços;

3) o desenvolvimento do contrato, para definir o preço, acordos do nível de serviços e legais;

4) a terceirização de gestão ou de governo, para aperfeiçoar a relação de trabalho entre clientes e prestadores de serviços.

O sucesso da terceirização depende de três fatores: apoio do cliente para a terceirização, a comunicação ampla de trabalhadores das empresas envolvidas no contrato e capacidade do cliente para gerenciar seus prestadores de serviços. Existe outra modalidade de terceirização que é a offshored, que é quando o trabalho está sendo feito em um país diferente.  Algumas dificuldades como fuso horário, idioma e aspectos culturais aparecem nestes trabalhos. Mas nada que competência e dedicação não dêem conta.

É isso. Agora você já sabe o que é outsourcing, mais um dos termos que têm crescido no mundo de TI. E talvez esse seja justamente o próximo passo para o sucesso da sua empresa, seja no ramo de webhosting ou quaisquer outras atividades ligadas à tecnologia!



Você também vai gostar de:

Share This