web analytics

O próximo centro de processamento de dados que o DdH vai apresentar na nossa série sobre os maiores datacenters do Brasil e do mundo é o que pertence a Locaweb, uma das maiores empresas de  hospedagem de sites do país (confira como está a Locaweb no nosso ranking de hospedagem de sites).

O datacenter fica na cidade de São Paulo e possui diversos prêmios nacionais e internacionais de excelência e qualidade. Entre os certificados apresentados pela Locaweb estão o prêmio de melhor datacenter do Brasil no ano de 2008 pela revista Info e o título de melhor infraestrutura de datacenter do Brasil dado pelo IDC Brasil.

O local começou a ser construído em 2008 e teve um custo inicial de nada menos do que 18,7 milhões de reais. O prédio que a Locaweb tem capacidade para 25 mil servidores, divididos em módulos de 6,5 mil servidores. Eles ficam em áreas de 400 m² e com o piso elevado. Cada um tem 160 racks. A ligação de links com internet do datacenter é de 40 gbps.

Como na maioria dos datacenters criados recentemente, este centro de processamento de dados também tem preocupações em relação a práticas de Green Computing. Ou seja, tenta usar ferramentas que combatem o desperdício de energia elétrica. Tanto que a empresa intitula o local como “maior datacenter verde da América Latina”. Um dado interessante é que dos 55 mil metros quadrados do local, 35 mil são área verde preservada.

O local busca otimizar espaço físico e custos. Para tanto, a Locaweb procura armazenar dados através do Cloud Computing. Assim reduz o consumo de energia. Falando em energia elétrica, o local usa transformadores redundantes e tem geradores de emergência. Esta usina é chamada de Usina Speed e conta com 5 geradores de 500 kWs de potência. A Usina Speed fica fora do prédio do datacenter.

Os motores desta usina são controlados por um software próprio, o que significa economia de energia e combustíveis. Os geradores conseguem se manter ligados por até 7 dias ininterruptos. Os no breaks do datacenter são redundantes e feitos para conseguirem sustentar o local nos momentos de maior emergência. A capacidade das máquinas também é de 500 kWs de potência.

Em relação ao sistema de refrigeração do local, tudo é controlado por um software próprio. O sistema também tem um sistema de no breaks para sustentar as quedas de energia no local e é no estilo quente frio, ou seja, com um corredor de ar quente e outro de ar frio. O sistema de refrigeração também busca poupar o uso de água gelada e elementos químicos. Um mecanismo do sistema verifica a umidade no ar lado de fora do datacenter para poupar energia em dias com clima favorável. Desta forma buscando ser ecologicamente correto.

O local também conta com grande sistema de segurança, com entrada controlada. Tudo isto faz do datacenter da Locaweb uma referência em relação à datacenters no Brasil.

Veja os outros textos da série sobre os maiores datacenters do mundo

https://dicasdehospedagem.com/dicas-de-hospedagem-inicia-serie-com-os-maiores-datacenters-do-mundo/

https://dicasdehospedagem.com/serie-sobre-os-maiores-datacenters-do-mundo-a-tecnologia-“verde”-da-ibm/

https://dicasdehospedagem.com/serie-sobre-os-maiores-datacenters-do-mundo-uol-datacenter/

https://dicasdehospedagem.com/serie-maiores-datacenters-do-mundo-os-intelig-data-center-idc/

https://dicasdehospedagem.com/serie-maiores-datacenters-do-mundo-a-estrutura-que-alimenta-o-facebook/



Você também vai gostar de:

Share This