web analytics

Escolher servidor de hospedagem

Esse é um assunto recorrente aqui no Dicas de Hospedagem. Já falamos sobre os mais variados planos, apresentamos diversos tipos de hospedagem e até avaliamos as melhores empresas da área. Agora, focaremos no outro lado dessa relação por vezes complicada, mas sempre necessária: você.

É óbvio que partimos do princípio de que você deseja construir um site para sua empresa. Mas o que você, como proprietário e administrador, deve levar em consideração antes de escolher a empresa de hospedagem ideal para seu negócio?

Enumeramos alguns fatores que julgamos indispensáveis, e iremos apresenta-los a seguir. Vamos lá?

 

 

Questões técnicas.

 

Iniciaremos com a dúvida mais comum de qualquer empresário ou usuário com pouco conhecimento na área de hospedagem: a parte técnica. Com isso, incluímos toda e qualquer característica do servidor que afeta o bom funcionamento de seu site. Você sabe, por exemplo, o que é escalabilidade? Como ela pode influenciar no crescimento de sua página na web?

A escalabilidade é o que garante que o site permanecerá no ar e funcionando corretamente mesmo nos momentos de pico de tráfego – ou seja, é o comprometimento da empresa de hospedagem. Em linhas gerais, é o crescimento uniforme das propriedades do servidor que mantém o site disponível para acesso. Sem a escalabilidade, qualquer site sairia do ar assim que o limite suportado pelo servidor fosse atingido. Garantir o uptime do site é uma das maiores preocupações que uma empresa de hospedagem deve ter – e, consequentemente, uma de suas maiores exigências.

Além da escalabilidade, é necessário verificar as aplicações disponibilizadas pela empresa de hospedagem. Muitas vezes, seu site precisa de um programa específico para funcionar da maneira desejada, e o servidor não apresenta este programa em seu acervo. Realizar esse tipo de consulta é fundamental para qualquer usuário que está desenvolvendo sua página na Internet.

Se a empresa de hospedagem almejada não apresenta nenhuma das características acima, considere outra opção. Caso contrário, vamos explorar outras características que podem impactar sua escolha.

 

 

Preço e suporte.

 

O valor cobrado pela empresa de hospedagem deve estar de acordo com o seu orçamento. De nada adianta investir a maior parte de sua renda na manutenção do site e não ter uma quantia disponível para investir em outras áreas da empresa. Lembre-se que o objetivo com o site é atrair e fidelizar novos clientes, logo a estrutura de sua empresa deve crescer na mesma medida, a fim de atender as eventuais novas demandas.

Se você está em dúvida entre dois servidores, recomendamos que verifique se os requisitos técnicos são devidamente atendidos, focando por último no preço. Se a diferença entre o valor cobrado pelas empresas de hospedagem for irrisória, opte pela que melhor supre as suas necessidades. Lembre-se que de nada adianta pagar mais barato por um serviço que logo se mostrará obsoleto.

Entretanto, talvez sua situação não permita escolher a opção mais cara. Nesse caso, aprenda a escolher o melhor servidor mesmo com um orçamento pequeno!

O suporte, por sua vez, envolve a relação direta entre a empresa de hospedagem e o cliente, ou seja, você. A empresa deve estar disponível para sanar quaisquer dúvidas e solucionar eventuais problemas. Se a situação apresentada na proposta da empresa de hospedagem não estiver de acordo com esse fator, pode não representar uma boa escolha. Lembre-se que ninguém espera que seu site seja alvo de algum ataque malicioso ou exiba algum tipo de falha. Você quer ser atendido com eficiência no momento em que menos espera ter um problema – e a empresa de hospedagem ideal para você deve ser capaz de fazer isso.

 

 

Localização.

 

Deixamos em último lugar o fator localização porque não é todo usuário que depende disso para ser bem atendido por uma empresa de hospedagem. Vamos explicar isso melhor: na maior parte dos casos, os servidores são utilizados apenas para armazenamento de dados. Logo, não importa se o servidor fica em São Paulo ou em Nova Iorque, contanto que funcione corretamente.

Se você pretende investir num servidor próprio e desenvolver aplicações que exigem manutenção constante e em tempo real, porém, o cenário é diferente. Você deve optar por uma localização de fácil acesso, como uma sala da empresa, ou então um servidor que seja próximo do local em que sua empresa fica, caso a ideia seja terceirizar esse tipo de serviço.

Uma localização estratégica ajuda a lidar com problemas emergenciais, e isso também afeta o bom funcionamento do site.

A ideia que tentamos passar aqui é que encontrar a empresa ideal é difícil – e você não deve parar de procurar por ela. Mesmo após definir a empresa de hospedagem que prestará serviços para você, é necessário continuar buscando por outras opções. Só assim temos a certeza de que estamos considerando todas as alternativas disponíveis no mercado.

Você já pensou em levar em consideração os requisitos citados nessa publicação? Se sim, conseguiu encontrar a empresa ideal ou que mais se aproximasse do que você considera ideal? Não deixe de compartilhar sua opinião com a comunidade do Dicas de Hospedagem através da seção de comentários!



Você também vai gostar de:

Share This