web analytics

Servidor Gerenciado

Você decidiu criar um site para sua empresa. Já definiu fatores importantes, como a aparência do site, o que deve estar nele em questão de conteúdo e como as diversas áreas da página serão organizadas.

Agora chega o ponto chave para qualquer empresa: a escolha do servidor. Já tratamos desse assunto em diversas publicações, inclusive comparando determinados servidores e apresentando alguns benefícios que empresas de hospedagem oferecem para aqueles que as contratam.

Na publicação de hoje, daremos espaço para um tipo de servidor que ainda não foi muito explorado, talvez pelo desconhecimento do público ou pelo simples fato de essa opção ainda não ter sido apresentada da maneira devida.

Conheça hoje o servidor gerenciado e o porquê de ele representar uma boa alternativa para hospedar o site de sua empresa.

 

 

Quais os benefícios de um servidor gerenciado?

 

Quando pensamos na palavra “gerenciado”, automaticamente concluímos que o servidor estará pronto para ser utilizado e que não teremos que nos preocupar com a administração do site, sua manutenção e qualquer outro âmbito técnico que o envolve.

Bem, essa conclusão mostra-se real e, ao mesmo tempo, equivocada. Sim, o servidor está pronto para ser utilizado, logo você não precisará gastar recursos nesse quesito. A administração do site, porém, ainda está em suas mãos. É como se fosse o chefe delegando tarefas a um grupo de gerentes – estes sendo representados pela empresa de hospedagem contratada.

Logo, o primeiro benefício do servidor gerenciado é esse: a facilidade em usá-lo. Você não precisa ter muito conhecimento técnico e pode se concentrar diretamente no desenvolvimento do site.

E como você pode se focar no desenvolvimento do site, vamos para o segundo benefício do servidor gerenciado: não precisar se envolver tão profundamente na criação de aplicações e novas áreas do site – a não ser que você queira fazê-lo. O servidor gerenciado permite ambas as opções: desde a delegação de tarefas com a devida supervisão até o envolvimento total com um determinado procedimento.

Outro fator importante envolve a manutenção. Talvez você precise de uma equipe para rastrear o servidor em busca de algum vírus, ou então verificar se uma aplicação está funcionando da maneira correta. Com o servidor gerenciado, a equipe de suporte fará todo o trabalho pesado que envolve a monitoração e eventuais correções de problemas do site.

Falando em equipe de suporte, elas geralmente são bem mais acessíveis nos servidores gerenciados – isso porque eles estão, de certa forma, trabalhando para você, ou seja, devem ser acessíveis. Podem estar à distância de uma ligação telefônica, ou quem sabe disponibilizar um chat para interação.

 

 

Quanto custa um servidor gerenciado?

 

Até agora, falamos apenas sobre os benefícios: facilidade no uso, rápido desenvolvimento do site, disponibilidade da equipe técnica… Mas e o preço de tudo isso? Um dos argumentos contra o servidor gerenciado envolve o valor investido na contratação desse serviço. Num primeiro momento, muitos podem considera-lo caro ou de valor mais elevado do que outras opções disponíveis no mercado.

Não vamos ser hipócritas: o servidor gerenciado realmente é mais caro. Mas é preciso, antes de tudo, analisar a quantidade de serviços que estão sendo contratados num só pacote. Se você tivesse que montar sua própria equipe de T.I. ou se preocupar com o desenvolvimento de todo e qualquer aspecto do site, o barato não sairia caro? Será que a relação custo benefício não se revela mais proveitosa quando consideramos o servidor gerenciado como opção?

Isso sem contar o tempo que você ganhará com o servidor gerenciado. Você poderá se preocupar com outras tarefas menos técnicas e que requerem sua atenção. Esse fator, por si só, já não é um grande benefício?

Você já contratou um servidor gerenciado? Como foi sua experiência? Tem outra sugestão que facilite a escolha do servidor ideal para nossos leitores? Não deixe de participar do Dicas de Hospedagem através da seção de comentários!



Você também vai gostar de:

Share This