web analytics

A ideia de marketing é um dos assuntos mais recorrentes do Dicas de Hospedagem. Não basta oferecer um produto diferenciado, serviços de qualidade e atendimento competente. É preciso saber divulgar seu negócio de maneira inovadora e eficaz. Já falamos sobre os prós e contras de tornar-se viral e, direcionados a quem trabalha com revenda de hospedagem, duas táticas de marketing para ter sucesso nesse segmento. Agora, trataremos de outra vertente do marketing que, se empregada corretamente, pode render bons resultados. Apresentamos o marketing em tempo real.

 

Marketing x Marketing em tempo real

 

Conheça o marketing em tempo realAs direções do marketing costumam levar algum tempo para serem definidas. Após semanas de reuniões, análise de estatísticas e pesquisas de mercado, a ideia de propaganda para um determinado produto ou serviço é decidida e, em seguida, colocada em prática. Entretanto, graças às diversos fatores, dentre eles as mídias sociais, essa dinâmica mudou. Novas campanhas de marketing web são feitas dia após dia, com base nas necessidades dos clientes, vendas e até mesmo na concorrência.

 

Apesar do tempo ser curto para os analistas, eles parecem saber exatamente o que o público necessita através das redes sociais. Enquanto a antiga maneira de desenvolver o marketing era encarada como um jogo de adivinhação, onde toda decisão representava um risco, o marketing em tempo real utiliza o boca a boca de milhares de clientes em potencial no Facebook ou no Twitter como as diretrizes da campanha. A vantagem neste caso é clara: além do investimento mais seguro, o tempo poupado com a definição do marketing de determinado produto ou serviço pode ser usado na criação e aprimoramento de campanhas futuras.

 

Evento e consumidor: as bases do marketing em tempo real

 

O marketing em tempo real pode ser dividido em duas vertentes:

 

Baseado em um evento: a ideia da campanha se baseia num grande evento, como a Copa do Mundo, o Miss Universo, os Orcars ou o Fashion Week. Utilizando este último como exemplo, temos a relação entre a semana de moda de Nova York e a Pepsi, que aproveitou o evento para lançar apenas em território americano uma nova lata que a empresa chamou de skinny por ser mais alta e fina. Apesar das críticas, a ideia foi ousada; após a contratação de um jornalista que tinha acesso livre ao evento e divulgação massiva nas redes sociais, a Pepsi conquistou resultados satisfatórios, já que introduziu no mercado um novo produto com um investimento contido.

 

Baseado no consumidor: aqui, o foco é a necessidade do cliente. Geralmente, o cliente entra em contato com a empresa e aguarda uma resposta em até sessenta minutos, de acordo com Speider Schneider, designer de produtos da Disney/Pixar. Por isso, uma boa pedida é o desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis, já que esta é uma das melhores maneiras de obter atualizações em tempo real sobre seu negócio, desde o compartilhamento de um conteúdo relacionado ao segmento em que sua empresa está inserida até concursos, promoções e outros comunicados. Dessa forma, o consumidor estará ciente de tudo que sua empresa pode oferecer e, com base nisso, poderá solicitar um novo serviço, adquirir um produto ou até mesmo considerá-la como uma opção para suas compras. Como as redes sociais tem tudo a ver com o marketing em tempo real baseado no consumidor, convidamos todos a ler sobre como usar o Facebook, o Twitter e o Youtube como ferramentas de marketing.

 

Para finalizar, é interessante mencionar também o Google Analytics. O programa recentemente permitiu o monitoramento das visitas de seu site em tempo real e, através delas, é possível mensurar de imediato o resultado de sua campanha. Numa época em que o tempo é uma das únicas coisas que não temos, rapidez na definição do marketing e na obtenção de resultados é vital.

 



Você também vai gostar de:

Share This