web analytics

Fim do orkut

O fim do Orkut – Por que a rede social deixou de ser relevante?

É o fim de uma era. Na última segunda-feira (30/06/2014), foi noticiado por diversos veículos de comunicação o encerramento das atividades do Orkut. Após dez anos ininterruptos de trocas de recados, depoimentos e comunidades esdruxulas, uma das redes sociais mais populares tem seu fim decretado pelo Google.

Pelos próximos meses, o Orkut continuará a funcionar normalmente, mas os usuários não poderão se inscrever na rede social com novas contas. Quanto aos perfis já existentes, será possível fazer backup de todas as informações disponíveis através do Google Takeout.

O Orkut será encerrado no dia 30 de setembro de 2014

 

 

Um breve histórico.

 

A origem de “Orkut” vem a partir do nome de seu criador, o programador turco Orkut Büyükkökten. Sendo afiliada do Google, a rede social foi o primeiro grande sucesso de seu nicho, sendo acessado por diversos usuários no mundo todo.

A interação ficava por conta de adicionar amigos, criar e entrar em comunidades sobre um tema específico e compartilhar conteúdos. Se você não chegou a criar uma conta no Orkut, mas possui um perfil no Facebook, no Twitter ou até no Google+, já deve estar familiarizado com tudo isso – e não é à toa. Pode-se dizer que o Orkut foi o precursor de todas as redes sociais que hoje dominam a Internet.

Um fato interessante é que o alvo inicial do Orkut eram os Estados Unidos, mas a rede social acabou ficando mais popular no Brasil e na Índia. Nos últimos anos, inclusive, encontrar algum usuário de língua inglesa no Orkut era bem raro.

Devido ao sucesso do Orkut no Brasil, a hospedagem do site deixou de ser na Califórnia e, em Agosto de 2008, passou a ser operado em Belo Horizonte.

Em seu auge, o Orkut chegou a ter mais de 30 milhões de usuários ativos.

 

 

O declínio.

 

Para descobrir porque o Orkut acabou, basta responder à pergunta que intitula essa publicação.

Em suma, a razão pela qual o sucesso do Orkut não foi duradouro é, basicamente, a mesma que ocasiona o fim de qualquer outra empresa: o site não foi capaz de se reinventar, de compreender seu público e, principalmente, de se destacar entre a forte competição. Logo, redes como o Facebook, que oferece configurações personalizadas de privacidade, ou o Twitter, que reinventou a comunicação instantânea com mensagens curtas, tomaram a frente e se colocaram líderes em acessos. No Brasil, por exemplo, o Facebook já supera a audiência do próprio Google.

Outra evidência que deixou claro que os dias do Orkut estavam contados foi a criação do Google+. A rede social oferecia e ainda oferece, basicamente, todas as ferramentas e opções do Orkut, com a adição de algumas características implementadas pelo Facebook. Se o Google ainda enxergasse potencial no Orkut, provavelmente tentaria melhorá-lo ao invés de dar início a uma nova rede social.

 

 

O impacto das redes sociais para sua empresa.

 

Você possui uma empresa e deseja divulga-la nas redes sociais. Se, por um lado, o Orkut parece mais atrativo por ter metade de seu público formado por brasileiros, é a limitação da rede social que representa seu maior revés. O alcance de uma empresa não é tão grande, se comparado ao Facebook – que, recentemente, passou a aplicar serviços voltados exclusivamente para a divulgação de empresas. Além disso, a maneira como o site era organizado também se revelava prejudicial, pois as mensagens ficavam perdidas nas páginas de recados, com diversas outras mensagens, imagens e vídeos que se resumiam basicamente em spam.

Por fim, os usuários do Orkut não representam uma parcela consumidora muito atraente. Talvez essa situação se justifique após a popularização do Facebook e o número cada vez menor de pessoas acessando o Orkut. Fato é que, dentre as redes sociais disponíveis hoje em dia, o Orkut deixou há tempos de ser relevante. Se você pretende tirar proveito das mídias sociais para sua empresa, sugerimos que opte até mesmo pelo Google+, sem deixar, é claro, de considerar o Facebook e o Twitter.

Você acha que o Orkut vai deixar saudade? Acredita que o Facebook está fadado a esse mesmo fim daqui alguns anos? Não deixe de participar do Dicas através da seção de comentários!



Você também vai gostar de:

Share This