web analytics

Apesar do WordPress mostrar toda a sua qualidade como CMS e plataforma de blog (você pode ver um pouco do WordPress como CMS, nesta postagem do Dicas de Hospedagem) com certeza o serviço que mais hospeda blogs no mundo é o Blogger (ou Blogspot). Os motivos são muitos para a popularização deste sistema: o primeiro é que pertence ao Google, o que significa muita força para a ferramenta, foi um dos pioneiros em hospedar blogs, mas com certeza o maior trunfo do Blogger é a facilidade em usar.

O sistema de gerenciamento do Blogger espanta de tão simples que é. Mesmo quem não tem muita habilidade de trabalhar com administração de blogs aprende facilmente ao mexer nas ferramentas mais simples do Blogger. O resultado disto tudo é que há milhares de conteúdos hospedados em endereços do tipo seublog.blogspot.com. Mas e quando você resolve começar a usar um site com domínio próprio, vale a pena continuar com o Blogger? É isto que o Dicas de Hospedagem vai discutir hoje.

Não é difícil ver sites com domínio .com ou .com.br que utilizam o Blogger como CMS. Isto acontece normalmente em situações como a parecida com a que eu vou narrar: o sujeito começar uma empresa pequena e não quer saber de pagar hospedagem. Então ele descobre o Blogger, que é totalmente gratuito (ao contrário da plataforma blog do WordPress) e em português. Hospeda um blog, gosta da administração, a empresa cresce e chega a hora de contratar um serviço de hospedagem.

Continuando a história, o sujeito pensa em não trocar de CMS. O conteúdo está todo formatado no sistema Blogger e além de tudo ele não pensa em mudanças. Dá para fazer isto? Como se pode ver em diversos sites na internet, dá sim. Mas usar a plataforma do Blogspot como CMS gera muitas polêmicas. E a maioria das opiniões é negativa. A falta de plugins relacionados a SEO, a própria colocação de CSS do site e as limitações de ferramentas são alguns dos motivos que conspiram contra o seu uso.

Comparando com o WordPress, o Blogger não tem quase nada de plugins. Principalmente em relação a SEO (você pode ver alguns dos melhores plugins para SEO em WordPress neste artigo do Dicas de Hospedagem). Em relação a interface, o Blogspot também é muito mais limitado do que outros CMS como por exemplo o Joomla (veja um pouco sobre o Joomla nesta postagem). Para e-commerces nem há como pensar em usar o Blogger.

Outro problema é em relação a hospedagem do Blogger. Nem todos os serviços de hospedagem de sites aceitam o uso dele como CMS. A única vantagem de se usar o Blogger como CMS é por causa da facilidade. Então a única hipótese que temos chances de usar o Blogger como CMS é se não temos muita familiaridade com ferramentas de administração de site, temos muito conteúdo e não temos tanta pretensão de crescer. Mesmo com estas hipóteses, ainda é bom pensar duas vezes.



Você também vai gostar de:

Share This