web analytics

Notícias de Hospedagem de Sites

Google planeja penalizar sites responsivos com pop-ups intrusivos

É comum a utilização de pop-ups em sites para divulgação de algum produto, serviço ou conteúdo em geral. Esse tipo de ferramenta de marketing, entretanto, não é das mais adoradas pelos internautas – tanto que um dos softwares mais baixados em qualquer loja de aplicativos é justamente um bloqueador de pop-ups, o AdBlock. Isso prova que é necessário repensar quanto a esse tipo de propaganda, pois ela se revela intrusiva e, consequentemente, pouco efetiva.

Por isso, sites que insistem em se prender ao passado são passíveis de penalização por parte do Google.

Essa nota foi divulgada pelo Departamento de Produtos do Google e já consta no blog oficial da empresa. A mudança é esperada para janeiro de 2017, e o objetivo é melhorar a experiência da navegação.

Dentre as possibilidades de penalização, está a exclusão de sites responsivos que utilizam pop-ups intrusivos dos resultados no mecanismo de busca do Google.

O curioso é que a extensão mais baixada do Chrome é o AdBlock. Isso prova que o Google não está se prendendo a esse número e visa mesmo acabar com esse tipo de propaganda – ainda que, num primeiro momento, apenas para dispositivos móveis…

WikiLeaks libera dados pessoais de cidadãos comuns

No final de agosto, a Associated Press noticiou que o Wikileaks – grupo famoso por compartilhar dados secretos de governos – liberou dados pessoais de pessoas comuns. O problema aumenta de proporção quando notou-se que, dentre as vítimas do vazamento premeditado, estavam vítimas de estupros e crianças doentes física e mentalmente.

Essas informações foram divulgadas através de boletins médicos das vítimas. A Associated Press reforça que o WikiLeaks divulga com certa frequência informações muito visadas por criminosos, como número de identidade, cartão de crédito e números de telefone.

Procurado para comentar o assunto, o grupo não se posicionou ou deu maiores explicações, mas questionou a postura da Associated Press – que entrou em contato com algumas das vítimas do vazamento e confirmou que estão todas com medo e sem entender o porquê de terem suas informações divulgadas dessa maneira.

A maior fusão de empresas de tecnologia está próxima

Duas gigantes do segmento de tecnologia planejam se juntar e operarem numa só empresa. O acordo, que envolve mais de US$67 bilhões, será entre a Dell e a EMC. A previsão é que as duas empresas transformem-se na Dell Technologies no dia 07 de setembro.

“Juntos, nós estaremos excepcionalmente bem posicionados para desenvolver áreas estratégias da nova geração da tecnologia da informação, incluindo transformações na área digital, bancos de dados de softwares, infraestrutura, nuvem híbrida, dispositivos móveis e segurança”, explicou o presidente e CEO da Dell, Michael Dell em comunicado oficial. “Com investimentos em inovação e uma equipe de mais de cento e quarenta mil pessoas, teremos força, flexibilidade e escala imbatíveis para aprofundar nossa relação com os consumidores.”

Para mais notícias sobre o mundo da tecnologia e da informação, fique ligado no Dicas de Hospedagem!



Você também vai gostar de:

Share This