web analytics

Notícias de Hospedagem de Sites

No último dia 24, foi dado o pontapé inicial na HostingCon 2016. Noticiamos o planejamento da convenção em outra oportunidade, e trazemos agora algumas atualizações. Os ingressos para os painéis se esgotaram e, três dias antes do evento, foi lançado um aplicativo que visa compartilhar as informações disseminadas nas inúmeras palestras, encontros e debates acerca do mundo da hospedagem de sites e da tecnologia em geral.

Tida como a maior e mais bem planejada dentro de seus doze anos de existência, a HostingCon 2016 escolheu Nova Orleans como cenário para sediar os inúmeros painéis. Dentre os temas discutidos, destacam-se alguns princípios de marketing que podem se aplicar em sites de empresas de pequeno, médio e grande porte com fins de crescimento e melhor desempenho em vendas. Dean Ara, responsável pela Total Product Marketing, explica que a aposta está “na diferenciação e na inovação vertical, baseada em nichos”.

Outros temas discutidos envolvem o IPv6 (mais recente protocolo de Internet) e DNSSEC (solução que expande a segurança do serviço DNS).

EMPRESA INTERESSADA EM COMPRAR O YAHOO!

Explicamos no mês passado que o Yahoo! estava realizando os últimos preparativos para anunciar formalmente o intuito de vender a empresa. No último dia 25, foi divulgado que a Verizon, grande empresa de telecomunicações, tem interesse na aquisição do Yahoo!. Para isso, a Verizon pretende cortar 15% de sua equipe atual para juntar a quantia necessária para realizar a compra.

Apesar de não sabermos ainda o que a Verizon pretende fazer com o Yahoo!, estima-se que a empresa está pronta para desembolsar 5 bilhóes de dólares na transação.

A Verizon, situada em Nova Jersey, oferece serviços de telefonia móvel e Internet.

SUSPEITOS DE TERRORISMO PRESOS NO BRASIL GRAÇAS A FACEBOOK E TWITTER.

Com as Olimpíadas no Rio de Janeiro e a inevitável visibilidade que o evento gera para o Brasil, era de se esperar que grupos terroristas planejassem algumas ações no país. Felizmente, diversos atos estão sendo premeditados e evitados antes de serem colocados em ação.

No último domingo, dia 24, foi preso no Mato Grosso do Sul o décimo segundo suspeito de planejar atos terroristas em território nacional e, atualmente, está sendo transferido para uma penitenciária federal.

Grande parte das prisões se deve a ajuda do Facebook e do Twitter. Ambas as redes sociais foram vitais nas investigações, afirmou em entrevista à Rede Globo o juiz Marcos Josegrei da Silva, da 14ª Vara Federal de Curitiba, cedendo dados e conversas entre simpatizantes do grupo Estado Islâmico.

Na conversa, eram discutidos os “preparativos” para um possível ataque no Rio de Janeiro durante as Olimpíadas.

O Facebook e o Twitter não se pronunciaram oficialmente sobre o assunto, mas deixaram claro que sempre auxiliarão no combate ao terrorismo.



Você também vai gostar de:

Share This