web analytics

Novidades ICANN 2015

O ICANN – Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ou Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números) é uma entidade ligada ao governo americano e exerce diversas funções importantes em âmbito mundial, como a administração de sistemas de nomes de domínios “.com” e de outros sufixos regionais, gerenciamento de sistemas e protocolos de endereços e alocação de espaços na internet e muito mais.

 

Todos os anos, a instituição divulga novidades sobre as regras e protocolos de domínios e assuntos correlatos aos endereços na internet. E para 2015, algumas novidades já foram divulgadas. Uma das novidades é que serão permitidos os domínios que terminam com o nome da empresa ou cidade, como por exemplo, ao invés de “.com”, “.net” ou “.org”, você pode definir um sufixo próprio, pagando, é claro, um certo preço. A instituição afirmou que esta novidade terá o valor inicial de 185 mil dólares (mais ou menos R$ 300 mil). O seu pedido deve, contudo, passar por um protocolo de aprovação e será necessário preencher um formulário com 360 páginas. A renovação do domínio também não será barata: cerca de 25 mil dólares anuais (ou a média de R$ 40 mil).

 

 

Esta decisão de abrir de modo quase ilimitado as extensões de domínios deve ter um impacto em longo prazo e deve mudar as regras dos endereços on-line. A decisão também é histórica, já que registrar domínios está cada vez mais complicado, devido à escassez de opções. Agora, principalmente entre as instituições privadas – como ONGs, empresas, etc. – a extensão personalizada amplia ainda mais a sua identidade virtual.

 

O ICANN também informou que novas extensões estarão à disposição do público que quer registrar seus domínios. Caso a sua preferência seja “.com” ou “.com.br” já esteja registrada, além dos sufixos alternativos já existentes, outros cem novos tipos serão disponibilizados. Entre estes, há opções que remetem a idiomas e comunidades, como “.berlin”, que identifica os moradores de Berlim, a capital alemã.

 

A instituição espera que com estas atitudes as possibilidades de expansão da internet sejam otimizadas, indicando uma nova geração de usuários da grande rede. É o primeiro passo para que qualquer palavra possa virar um domínio específico, como “.dinheiro” ou “.turismo”, por exemplo, e o mais importante, em qualquer língua.

 

As novidades já estão sendo implementadas e serão disponibilizadas ainda neste ano. Contudo, o processo deve ser progressivo e novas regras devem ser divulgadas pela ICANN conforme o uso e a expansão das novas extensões de domínios. Vale a pena acompanhar de perto estas mudanças e garantir um domínio personalizado para o seu site assim que possível.



Você também vai gostar de:

Share This