web analytics

Hospedagem no WordPress.com vale a pena?

Hospedagem própria no WordPress.com vale a pena?

 

A pergunta que intitula essa publicação pode causar um certo estranhamento em nossos visitantes mais assíduos, já que sempre falamos dos benefícios em criar um blog ou site utilizando o WordPress. Temos até uma seção para tratar de práticas, plugins e ferramentas que incrementem sua experiência dentro da plataforma e diferenciem sua página das demais. Logo, por que possuir uma hospedagem própria no WordPress não valeria a pena?

Antes de prosseguirmos, gostaríamos de deixar claro de que estamos cientes de todos os benefícios de uma hospedagem própria no WordPress, como a liberdade de testar novos plugins, alterar o design do blog ou site a seu bel prazer, ter mais espaço dedicado a conteúdo, como postagens, fotos e vídeos… Só de enumerar todas as vantagens, parece que tentamos convencê-lo a fazer uma auto-hospedagem no WordPress, não é?

Bem, não é o caso. Dependendo de sua necessidade como usuário, talvez uma hospedagem própria no WordPress não seja tão interessante. Vamos discorrer sobre o assunto a seguir e, ao final da publicação, você poderá decidir se a auto-hospedagem vale ou não a pena. Que tal compartilhar sua decisão conosco na seção de comentários?

 

 

O WordPress é gratuito

Especial WordPress

Essa é uma das principais características do WordPress e, ainda assim, alguns usuários esquecem de considera-la. Se você criará um site sem pretensão, blogará apenas por prazer ou não possui uma necessidade tão personalizada, a gratuidade do WordPress pode ser uma boa pedida. Aliás, não só o fato de que você não precisará investir dinheiro no site, mas o tempo em administrá-lo será menor, já que, para as questões mais técnicas, a equipe do WordPress fará o trabalho por você. Você só precisará criar o site, escolher o template que mais te agrada e pronto! Pode começar a postar!

Conseguimos identificar, entretanto, duas desvantagens na versão gratuita do WordPress:

  • não conseguir modificar a url do site (o que contradiz a ideia da url amigável, que já tratamos em outra oportunidade aqui no Dicas), mas isso pode ser resolvido com o pagamento de uma pequena taxa para o WordPress: por $13, você consegue alterar a url do site.
  • o espaço interno para hospedar conteúdo, pois se você pretende compartilhar bastante conteúdo multimídia ou se você possui o blog/site há muito tempo, talvez o espaço disponível (aproximadamente 2MB) não seja o bastante.

Com base nessas informações, é possível decidir se a gratuidade do WordPress compensa ou não… Mas que tal explorar alguns outros pontos válidos antes de tomar essa decisão?

 

 

Não se preocupe com backup ou com a segurança

 

Esses são dois aspectos interessantes, que representam menos investimento de seu tempo em questões mais técnicas. Falando primeiramente sobre a segurança, a equipe do WordPress cuida disso para você, sem que precise se preocupar em proteger seu painel de administrador ou as páginas de login. Lembre-se apenas de criar uma senha segura!

Já quanto ao backup, ele se mostra sempre necessário. Qualquer administrador já deve ter feito alguma mudança de configuração que prejudicou o site a ponto de compensar retornar a uma versão prévia gravada no último backup ao invés de lidar com o estrago. Nem todos os servidores possuem um backup automático, logo você deve fazê-lo manualmente. No caso do WordPress, alguns plugins podem até auxiliá-lo nessa tarefa, mas o backup depende unicamente de você.

Na versão gratuita, entretanto, o backup é realizado também pela equipe do WordPress! Outra evidência de que grande parte de seu tempo será poupado.

 

 

Manutenção do tráfego e experiência de navegação

 

Com a popularização de seu site, além de um tráfego maior de visitantes, começam a aparecer os bots, hackers e spammers tentando adentrar a estrutura de sua página. Por mais que eles não representem um grande perigo como indivíduos, juntos, eles podem causar um verdadeiro problema. Lembra-se dos ataques DDoS, que tratamos num artigo anterior? Pois bem, são justamente os bots, hackers e spammers os responsáveis por esse incômodo sem precedentes.

Uma verdadeira varredura é necessária em seu servidor para conseguir localizar a fonte dos ataques DDoS, o que pode levar tempo e, eventualmente, pode até prejudicar a experiência de navegação em sua página. Imagine se você pudesse pedir para a equipe do WordPress lidar com esse problema? Ora, com uma conta gratuita na plataforma, você pode!

Quanto à experiência de navegação, muito dela tem relação direta com quão rápido seu site carrega – e tornar isso possível fica cada vez mais difícil à medida que seu tráfego aumenta. Uma verdadeira fórmula deve ser seguida para melhorar o desempenho de seu servidor, como caching, verificação do tempo de resposta do site, minificação CSS, manutenção do Javascript, dentre outros. Com a versão gratuita do WordPress, todas essas medidas são tomadas pela equipe da plataforma, isentando-o de dedicar seu tempo nessa tarefa específica.

Dentre tantas vantagens, outra que conseguimos identificar foi a seguinte: se você deixa de pagar a mensalidade da hospedagem, seu site e todo o conteúdo são retirados do ar assim que a empresa nota o não-pagamento. Com o WordPress, todo o conteúdo de seu site permanece intocado até que você decida tirá-lo do ar – e, se nunca tomar essa decisão, o conteúdo permanecerá disponível até o fim dos tempos!

Melhores Temas para WordPress

 

 

E então, será que criar uma conta gratuita no WordPress vale a pena pra você?

 



Você também vai gostar de:

Share This