web analytics

Já faz algum tempo que o Dicas de Hospedagem não fala do Green Computing, ou se preferir, TI Verde. O assunto foi muito abordado na série sobre os maiores datacenters do Mundo (se você não viu a série, vale a pena dar uma conferida), onde chegamos a conclusão que a grande maioria dos Centros de Processamento de Dados do mundo se preocupam em manter um alto padrão de sustentabilidade e economia de energia. Estas ações chegam a se configurar como uma estratégia de marketing.

Sim, muitos dos datacenters estão preocupados com a “onda verde” que enxurrou o mundo na última década. Ambientalistas acusaram que grande parte dos gastos de energia acontece em função das novas tecnologias. Este tipo de exposição acaba espantando muitos clientes. Por isso há a preocupação com o Green Computing. E uma das maiores referências em relação a sustentabilidade é Green 500, o Ranking de sustentabilidade dos supercomputadores.

Ranking Green 500 de computação verde (Green Computing)

O que é o Green 500

Com o início em 2005, o Green 500 é uma iniciativa criada com objetivo de criar um referência em relação a eficiência energética de supercomputadores. Segundo texto escrito no site da organização, até o início do século passado, a única forma de se medir a eficiência de um supercomputador era através das grandes velocidades. Quanto mais rápido, melhor. Não importando o quanto de energia estes computadores consumiriam para alcançar este desempenho.

O Green 500 busca fazer uma lista com base em outro dado dos supercomputadores: a velocidade em relação à eficiência energética. Segundo os idealizadores do projeto, não adianta ter o computador mais rápido se não houver outras métricas como fiabilidade, usabilidade, disponibilidade e eficiência energética. Com base nestes vetores, faz-se um cálculo onde os resultados apontam quais são os melhores supercomputadores do mundo.

Ranking de supercomputadores

No site oficial do Green 500 há um espaço para submeter o supercomputador. Através destes dados e de outras pesquisas, a organização formula o ranking de sustentabilidade de super PCs duas vezes ao ano. A última edição do Green 500 foi em junho deste ano. Os dois computadores considerados mais eficientes do mundo estão localizados no centro de Pesquisas da IBM. A empresa tem se notabilizado por investir muito em TI Verde. Os resultados aparecem em classificações como esta.

Confira a lista dos supercomputadores mais sustentáveis do mundo (fonte: http://www.green500.org). A medida é feita em um cálculo de velocidade dividido por consumo de energia.

Os 10 supercomputadores mais verdes do mundo

Coloque o ranking no seu site! Basta colar o código a seguir: (no WordPress, cole dentro da aba HTML)

<a href=”https://dicasdehospedagem.com/green-500-o-ranking-do-green-computing/”><img style=”border: 0px solid ; width: 636px; height: 902px;” alt=”Os 10 supercomputadores mais verdes do mundo” src=”https://dicasdehospedagem.com/wp-content/uploads/2011/08/infografico-10-computadores-mais-verdes.gif”></a><br> <div style=”text-align: right;”>Via <a href=”https://dicasdehospedagem.com/”>Dicas de Hospedagem de Sites</a><br> </div>

 

 



Você também vai gostar de:

Share This