web analytics

Sabe aquela sensação de “eu disse que isso ia acontecer”? É mais ou menos assim que estamos nos sentindo agora… :-P

Brincadeiras a parte, vale lembrar que nós sempre dedicamos um espaço aqui no Dicas de Hospedagem para falar sobre a importância das versões móveis de websites. Numa época em que fica cada vez mais comum o acesso a Internet por smartphones, tablets e outros dispositivos móveis, ter um site responsivo não é mais um diferencial; é quase obrigatório.

Agora, o próprio Google pronuncia-se sobre o assunto em seu blog oficial. O que a empresa tem a dizer sobre? Você vê a seguir.

Site responsivo

 

Buscas mais assertivas e preferência por sites responsivos.

 

À sua maneira, o Google estimulou o desenvolvimento de sites responsivos – e, realmente, a versão móvel dos websites se faz necessária. É muito ruim entrar num site pelo celular e não conseguir visualizar partes do mesmo, ter que arrastar a barra de rolagem para ver todo o conteúdo, ou até pior, não conseguir ver o conteúdo devido ao tamanho ínfimo da fonte. Tudo isso pode acontecer quando um site não é responsivo, e isso afeta diretamente a experiência de navegação dos usuários. Você deixa de fisgar uma parcela considerável do público que utiliza a Internet, e até pior: se o usuário não teve uma boa experiência de navegação em seu site pelo celular, dificilmente ele se lembrará de acessá-lo em seu computador.

Para incentivar a criação das versões móveis dos sites, o Google dará preferências por páginas responsivas nos resultados das pesquisas. O site terá uma marcação indicando que possui uma versão móvel, e o sistema do Google identificará se o acesso do usuário se dá por um dispositivo móvel para exibir preferencialmente sites responsivos. De certa forma, fica ainda mais fácil de encontrar o seu site se ele possuir uma versão móvel.

 

 

Como saber se meu site é mobile-friendly?

Teste de site amigável para dispositivos móveis

Aqui vão algumas dicas compartilhadas pelo próprio Google para descobrir se seu site é compatível com dispositivos móveis.

  1. Conteúdo que pode ser visualizado sem a necessidade de zoom. Isso inclui textos, imagens, links, dentre outros.
  2. Ajuste automático da janela, para que todo o site se posicione corretamente e se encaixe na tela do dispositivo móvel. Dessa forma, o usuário não precisa usar a barra de rolagem para navegar pelo site.
  3. Evite utilizar softwares que não são compatíveis com dispositivos móveis, como Flash.
  4. Posicione bem os links, já que os usuários utilizarão o dedo ou uma caneta para clicar em cima deles.

 

Precisa ter certeza de que sua página segue os critérios que a definem como mobile-friendly? Há algumas medidas que você pode tomar:

Falando em WordPress, você sabia que a plataforma possui diversos plugins que ajudam a desenvolver uma versão móvel para seu site? Não deixe de conferí-los clicando aqui.

 

Faça o teste para saber se o seu site é Mobile-Friendly!

 

A relação com SEO

 

Além do que já falamos acima, sobre a experiência de navegação prejudicada pela ausência de uma versão móvel, o que implica em menos visitas ao seu website, o próprio Google já planeja utilizar a disponibilidade de versões móveis de sites como critério para definir o ranking em seu buscador. Em outras palavras, se seu site for responsivo, ganhará algumas posições nas pesquisas. Se não for, cairá alguns degraus.

Apesar do Google não ter estipulado um prazo exato, essas mudanças se darão nas próximas semanas – ou seja, você tem ainda tempo para fazer os devidos ajustes, caso seu site não esteja de acordo com as características que apresentamos aqui.

Fique ligado no Dicas de Hospedagem para mais informações sobre essa importante decisão do Google!



Você também vai gostar de:

Share This