web analytics

Após um longo inverno, retornamos com o Glossário de Hospedagem de Sites. O tema escolhido para a publicação de hoje tem relação direta com o primeiro contato entre o usuário e sua página na web: o DNS.

Antes de começarmos, porém, vale a pena relembrar outros assuntos tratados no Glossário de Hospedagem de Sites.

 

o que é DNS?

Definição: o que é DNS?

 

Para contextualizar quem não está familiarizado com o termo, vamos começar com o significado: do inglês Domain Name System (ou Sistema de Nome de Domínio, numa tradução livre), DNS é um sistema de gerenciamento de nomes hierárquico que abrange todos os dispositivos conectados à Internet. Como o banco de dados do DNS é distribuído, seu tamanho é ilimitado. Isso significa que seu desempenho não é afetado negativamente com a inserção de novos servidores.

“Ok, mas como isso me afeta quando uso a Internet?”, você deve estar se perguntando…

Quando você quer falar com alguém, precisa saber seu endereço ou telefone para contato, não é? Com o computador e a Internet, as coisas funcionam de maneira semelhante. No momento em que você tenta acessar um site, o computador questiona o mesmo: qual o endereço? Uma referência é necessária para possibilitar o acesso.

E qual seria essa referência? Bem, todo site que acessamos possui um endereço IP, ou seja, uma identificação que o torna único. O IP é formado por uma sequência de quatro números decimais dividida por pontos, como por exemplo:

201.154.37.98

Imagine como seria difícil memorizar um número tão grande como esse! E lembre-se que cada site acessado tem um IP diferente… suas visitas diárias ao Google, Facebook e email seriam um inusitado malabarismo de memória e digitação de números no navegador! (imagina fazer isso no smartphone)

Para facilitar, o DNS traduz o IP e o transforma num nome mais fácil de memorizar. Logo, essa sequência numérica é convertida numa URL simples como www.facebook.com ou então dicasdehospedagem.com.

 

 

O sistema de hierarquia.

 

A URL é formada por três elementos:

  1. WWW: abreviatura para worldwide web. Seu uso não é absolutamente necessário em uma URL, vide o endereço do próprio Dicas de Hospedagem.
  2. NOME: o nome do site. Se sua empresa é chamada Empresa X, é interessante que o nome da URL seja empresax ou, pelo menos, um nome que remeta o usuário à sua marca.
  3. DOMÍNIO: é formado pela categoria em que o site se enquadra, como .com, .edu, .org, .net, e, em alguns casos, o país em que o servidor se encontra. No caso do Brasil, a sigla .br é utilizada, mas não é uma regra.

Se fôssemos formar uma URL a partir do exemplo acima, teríamos algumas variáveis como:

www.empresax.com.br, www.empresax.com, www.empresax.net, www.empresax.edu, empresax.org, dentre outros. A possibilidade de múltiplos domínios ajuda a proteger sua marca.

 

 

A perspectiva do administrador do site.

 

Para fazer o site funcionar, são necessários três elementos: o nome do domínio, o servidor DNS e o servidor web, onde estão os arquivos do site propriamente. Por mais que esses serviços sejam fornecidos separadamente, as empresas de hospedagem os oferecem também num só pacote.

A relação entre os três funciona da seguinte forma: o cliente fornece o nome do domínio para a empresa de hospedagem, que, por sua vez, fornece o servidor para hospedar o site. Quando um usuário tenta acessar o site em questão, é realizada a comunicação entre o computador do usuário e o servidor.

A conversão da URL para o IP é realizada pelo servidor DNS, que estipula as hierarquias por ordem de prioridade. O site possui a terminação .br? Qual é sua categoria? O www é necessário? Essas são algumas das perguntas exigidas para que a comunicação seja efetiva.

Esse é o básico que você precisa saber sobre DNS (há muito, muito mais por trás de como esse complexo sistema funciona!). No caso de algum apontamento ou complementação das informações disponíveis nessa publicação, não deixe de usar o espaço de comentários!

Ah, antes de sair, não deixe de ler nosso artigo onde compartilhamos dicas para criar uma URL amigável.



Você também vai gostar de:

Share This