web analytics

Enviar e-mails tornou-se algo corriqueiro e comum em nossos dia-a-dia. Seja no trabalho, seja em casa ou até mesmo em dispositivos móveis, o e-mail é uma das ferramentas mais eficazes para manter contato e estreitar laços. Um fato interessante é que, dentre todas as tendências ditadas pela Internet, como aplicativos, instant messengers e redes sociais, o e-mail é uma das únicas – senão a única – ferramenta que não caiu no esquecimento e deixou de ser utilizada pelos usuários. Isso só comprova sua importância e evidencia que o envio de e-mails continuará fazendo parte de nosso cotidiano por um bom tempo.

Na quarta edição do Glossário de hospedagem de sites, falaremos mais sobre os jargões e as funcionalidades do e-mail. Seja sua conta configurada em seu próprio website, ou então em sites como Gmail, Yahoo! ou Hotmail, esclareceremos todas as dúvidas referentes à configuração de e-mails.

Antes de prosseguirmos, relembre outros assuntos já abordados pela seção!

 

Série Glossário de Hospedagem de Sites - o que significam os termos POP3, IMAP, Exchange, SMTP e webmail

 

A diferença entre webmail e e-mail client

 

Qual dos dois você utiliza? Ainda não sabe? Pois bem, vamos explicar. Se você possui uma conta no Gmail, por exemplo, significa que abre seu e-mail através de um navegador ou de um aplicativo. Ele permite que você envie e receba e-mails e você não precisa configurar nada para realizar essas ações. Essa é a definição do webmail, que possui um servidor próprio que gerencia todas as atividades.

Falemos agora do e-mail client. Apesar de realizar as mesmas tarefas do webmail, ele possui algumas diferenças. Primeiramente, ele é instalado num computador local e utiliza servidores externos para o envio e recebimento de e-mails. Se você utiliza o Microsoft Outlook ou o Mozilla Thunderbird, significa que você possui um e-mail client.

É possível utilizar diversos protocolos para incrementar o serviço do e-mail client. Vamos conhecer os principais?

 

 

POP3, IMAP e Exchange

 

O POP3 é a versão mais atual do antigo protocolo POP – Post Office Protocol. Esse protocolo vem de um tempo em que a Internet era outra e não possuía tantos recursos. Com ele, é possível criar uma cópia do conteúdo enviado por um e-mail. Apesar de vir de um protocolo antigo, já que o primeiro POP foi criado em 1984, não se trata de uma funcionalidade obsoleta; graças ao POP3, essa cópia criada a partir do e-mail não pode ser acessada através de outros servidores ou e-mail clients, além do conteúdo original ser apagado assim que a cópia é criada. Dessa forma, ela não pode ser acessada por terceiros. É preciso analisar, entretanto, se as desvantagens apresentadas pelo POP3 ainda o tornam ideal.

O IMAP parte do princípio do POP3, mas tem um diferencial: os e-mails podem ser visualizados por outros clients. Funciona como se as mensagens estivessem armazenadas em uma nuvem e, por isso, se adequa perfeitamente à Internet dos dias de hoje, que permite ao usuário estar conectado não só a qualquer hora, como em qualquer lugar. A única limitação do IMAP tem relação com o espaço de armazenamento: por estar num servidor remoto, o protocolo apresente um limite na capacidade.

Para os usuários da Microsoft, foi desenvolvido o Exchange. Com funcionamento similar ao IMAP, ele permite o acesso de e-mails por clients através de um sistema similar ao de nuvem. Por ser aplicado apenas à programas que utilizam o sistema da Microsoft, o Exchange não é compatível com todos os clients disponíveis. O client padrão do Android, por exemplo, é compatível com o Exchange, apesar de não se tratar de um produto produzido diretamente pela Microsoft.

Depois de apresentarmos esses três protocolos, lançamos a seguinte pergunta: qual deles se adequa mais a você? Se ainda restam algumas dúvidas, aqui vão algumas sugestões:

  1. se você checa os e-mails por dispositivos variados, opte pelo IMAP
  2. se você acessa sua conta por um client fixo num único computador, o POP3 é a melhor opção
  3. se você utiliza clients com base no sistema da Microsoft, opte pelo Exchange
  4. se você possui muitos e-mails armazenados, use também o POP3, já que o IMAP apresenta algumas limitações nesse quesito

 

Glossário de hospedagem de sites- e-mail - o que significam os termos POP3, IMAP, Exchange, SMTP e webmail?

 

SMTP – compreenda como seu e-mail chega até o destinatário

 

Você já parou pra pensar como seu e-mail ultrapassa todos os servidores da Internet para chegar até seu destinatário? Como as palavras são codificadas? Como uma mensagem enviada através de um e-mail client chega até o webmail do Gmail, por exemplo?

Tudo isso é possível através do Simple Mail Transfer Protocol (SMTP), criado na década de 80. Ele permite que os e-mails transitem pela Internet e, por isso, os webmails e e-mail clients configuram seus respectivos sistemas para serem compatíveis com o SMTP. Mas como isso é realizado?

Quando acessam uma conta de e-mail, os usuários deparam-se com a interface do webmail ou do client. Nela, estão os campos para especificar o assunto, o destinatário, espaço para anexos e, enfim, o conteúdo. Quando a mensagem é enviada de um servidor para outro, o SMTP fornece os códigos que simplificam a comunicação entre eles. As mensagens são “quebradas” em pequenas porções, que são compreendidas pelos servidores e, em seguida, montadas novamente para que o usuário consiga entender seu conteúdo.

Como o SMTP foi desenvolvido numa época em que a Internet não passava de uma pequena comunidade fechada, ele apresenta algumas falhas de segurança. Sendo assim, foram criadas atualizações para o protocolo que, atualmente, chama-se ESMTP (Extended Simple Mail Transfer Protocol). Por possuir um sistema simples e de fácil utilização, o SMTP é utilizado até os dias de hoje pelos principais webmails e e-mail clients.

Ainda possui alguma dúvida sobre e-mails e protocolos? Gostaria de sugerir mais temas para o Glossário de hospedagem de sites? Ainda há vários termos de hospedagem de sites que queremos abordar. Interaja e participe do Dicas de Hospedagem através dos comentários!

 



Você também vai gostar de:

Share This