web analytics

Cristiano Ronaldo CLIQUE

Entrar em contato com seu jogador preferido pode prejudicar sua segurança na rede!

Não, o Dicas de Hospedagem não está tentando entrar no clima da Copa… Ou talvez esteja? :P

Brincadeiras a parte, falaremos hoje sobre um tema que tem tudo a ver com a Copa do Mundo e se relaciona diretamente com a segurança das informações armazenadas em seu computador.

Enquanto as festividades tomam conta do Brasil e as atenções são voltadas para as seleções, a escalação de Felipe Scolari e a preparação do país para sediar esse grande evento, hackers se aproveitam para infectar o seu sistema e conseguir acesso a todas as suas senhas.

Como o ataque é feito? Qual a melhor maneira de evita-lo e se proteger? Descubra a seguir.

 

 

O McAfee e o Red Card Club.

 

Com a Copa do Mundo se aproximando, é comum que os aficionados por futebol procurem estar em contato com seus jogadores preferidos ou com o time do coração. O problema é que hackers podem se aproveitar disso para tentar infectar sua máquina com malwares e vírus que representam uma ameaça à integridade de suas informações.

Isso é feito através da infecção de sites que aparecem como resultado de uma pesquisa regular num mecanismo de busca qualquer. Enquanto um dos sites que aparecem a partir da busca é oficial e tem cem por cento de sua segurança garantida, o restante tem o potencial de estar carregado de malwares. Geralmente, esses sites oferecem diversos conteúdos multimídia para download, como imagens e vídeos demonstrando as habilidades dos jogadores em questão ou protetores de tela.

Para alertar os usuários, a McAfee, referência em soluções de segurança na web e uma das melhores opções para empresas e usuários domésticos, liberou no último dia 04 o Red Card Club (ou Clube do Cartão Vermelho, numa tradução livre).Trata-se de uma lista composta por onze jogadores que são utilizados indiretamente por hackers para atrair visitantes a sites criados única e exclusivamente para infectar máquinas com malwares, que roubam senhas e informações pessoais dos usuários.

No caso de Cristiano Ronaldo, por exemplo, há 3.7% de chances de um usuário visitar um site infectado por um vírus após fazer uma busca pelo jogador no Google ou no Bing. Para a McAfee, trata-se de uma ameaça considerável.

Veja abaixo os onze jogadores listados pela McAfee como parte do Red Card Club.

Red Card Rank    Player   Team  Risk %
1 Cristiano Ronaldo Portugal 3.76
2 Lionel Messi Argentina 3.72
3 Iker Casillas Spain 3.34
4 Neymar Brazil 3.14
5 Karim Ziani Algeria 3.00
6 Karim Benzema France 2.97
7 Paulinho Brazil 2.81
8 Edinson Cavani Uruguay 2.67
9 Fernando Torres Spain 2.65
10 Eden Hazard Belgium 2.50
11 Gerard Piqué Spain 2.45

 

De acordo com Paula Greves, diretora de segurança na web da McAfee, o Red Card Club é uma tentativa da empresa de advertir usuários que são tomados pela excitação da Copa oe Mundo e acabam esquecendo-se de se protegerem.

 

 

Como se proteger?

 

Já sabemos quais são as ameaças e como os hackers planejam coloca-las em ação. O que fazer, entretanto, para se proteger?

Primeiramente, opte sempre por sites oficiais. Se o site do jogador não possui uma área muito atraente com vídeos e imagens, busque por esses conteúdos em sites como Youtube ou Instragram (já que muitos jogadores possuem perfis oficiais nessa e em outras redes sociais) Esses sites possuem por si só todas as medidas de segurança para evitar grande parte dos vírus e malwares que podem infectar seu computador.

Se você busca por notícias, recomendamos que a mesma medida citada acima seja tomada. Se o site oficial do jogador não satisfazer sua necessidade, procure por notícias relacionadas a eles em sites grandes e de credibilidade, como portais de notícias e blogs de profissionais da área esportiva – e isso inclui até mesmo jornalistas que atuam na TV, no rádio, em jornais e na Internet.

Evite fazer downloads oferecidos por sites que não são de sua confiança. Se você nunca visitou o site, tente compreender do que o mesmo se trata e utilize seu antivírus para buscar por ameaças em potencial. Muitas vezes, conteúdos multimídia são oferecidos pelos sites oficias dos jogadores, já que isso representa uma ótima estratégia de marketing e divulgação. Logo, não busque por esse tipo de conteúdo em sites desconhecidos.

Ah sim! Lembre-se que os “downloads gratuitos” são sempre os mais perigosos!

Por fim, não compartilhe informações pessoais em sites desconhecidos. Evite fazer logins e nunca, sob hipótese alguma, forneça dados como o número de seu cartão de crédito, e-mail, endereço da residência, conta do Facebook, do Twitter ou de qualquer outra rede social. Para endereço, especialmente, o perigo é ainda maior. Hackers podem fornecer esse tipo de informação para criminosos, e não será apenas sua segurança na web que estará ameaçada. Cuidado!

Antes de finalizarmos, recomendamos também que você sempre coloque senhas em seus dispositivos móveis. Imagina se você esquece seu tablet ou celular no estádio após o jogo de estreia do Brasil? Você não vai querer ninguém acessando suas informações e publicando na Internet por você, não é?

Para mais informações, não deixe de acompanhar o Dicas de Hospedagem. Participe do site através da seção de comentários!

E lembre-se: #vaitercopa.



Você também vai gostar de:

Share This