web analytics

Através de anúncio no Google Ideas da rede social G+, foi divulgado o mais novo projeto do Google: o Shield. Trata-se de uma ajuda para sites menores e independentes nos quesitos segurança e prevenção contra ataques. Dentre os contemplados, estão os sites de notícias e outros conteúdos informativos relacionados à política, economia, direitos humanos, dentre outros.

Se estiver com o inglês afiado, entenda melhor como o projeto funciona:
  


  
Através do Shield, que foi apelidado de Digital Attack Map pelo próprio Google, os sites dos segmentos citados acima conseguem permanecer online mesmo quando vítimas de ataques DDoS (distributed denial of service ou danos distribuídos em serviços, numa tradução livre), que são responsáveis por tirarem páginas do ar e mantê-las offline.

O mapeamento dos ataques, desenvolvido graças a parceira entre o Google e a Arbor Networks, é atualizado de hora em hora sempre com os DDoS anônimos que possuem algum potencial nocivo contra os sites pequenos e independentes espalhados dentre mais de duzentos e setenta provedores. Essas informações são exibidas através de uma animação. 

Dessa forma, além de estarem assegurados contra ataques DDoS, os sites conseguem se precaver para evitarem ataques futuros.

 

Relembre o que são ataques DDoS:

Veja mais detalhes: O que é um ataque DDoS e como evitá-lo

 

Os responsáveis pelas páginas que desejarem participar do Shield devem preencher um formulário disponível no site do projeto para, assim, terem a chance de serem selecionados.

O que você acha dessa nova empreitada do Google?

 



Você também vai gostar de:

Share This