web analytics

como-escolher-o-melhor-servidor-de-hospedagem-de-sites

Você deseja começar um site do zero. Já aprendeu sobre os diferentes tipos de servidores e enumerou as empresas que podem fornecer o que você precisa. Analisou custo, desempenho, questões envolvendo segurança, suporte, velocidade…

Pois é, parece fácil quando colocamos essas características da maneira apresentada no primeiro parágrafo. A verdade é que é tanta coisa que deve ser levada em conta durante a escolha da empresa de hospedagem ideal que é comum nos perdermos um pouco e, por fim, tomarmos uma decisão precipitada. Muitos escolhem um servidor acima da média e descobrem que não conseguem arcar com as despesas, enquanto outros optam pela empresa mais barata e se vem presos a um servidor que deixa a desejar em performance.

Para evitar esse tipo de problema, o Dicas de Hospedagem dedica a publicação de hoje para falar sobre as maneiras de classificar um servidor. Pode ser considerado um guia ou até um passo a passo para você definir o servidor ideal para sua empresa.

Qual o melhor servidor de hospedagem de sites?

1º fator: Preço da hospedagem
Esse é a primeira característica que é levada em conta. Mas não significa que você deve sempre optar pelo servidor mais barato; a análise que deve ser feita envolve a relação custo-benefício. A parte positiva é que, por um valor muito baixo, você já consegue dar os primeiros passos na criação de seu site. Depois, basta gerenciar os custos de acordo com as necessidades que o site apresentar durante o desenvolvimento. Dessa maneira, é possível controlar melhor os gastos e atribuir à página o que ela precisa.

2º fator: Linguagem do servidor
Com a linguagem, a programação do servidor torna-se mais interativa e cheia de possibilidades. Normalmente, são utilizadas ASP, JSP, PHP e Perl, dependendo da familiaridade e do conhecimento do usuário. Através delas, é possível adicionar comandos que um construtor de sites tradicional muitas vezes não permite criar.

3º fator: Sistema
Qual o sistema operacional do servidor? Geralmente, as opções são Windows e Linux. As linguagens citadas acima podem funcionar melhor em um ou em outro sistema operacional. Ambos possuem suas vantagens e desvantagens, logo o critério que deve ser utilizado na escolha é a necessidade específica do site.

4º fator: Aspectos do servidor
Aqui, inclui-se desde a velocidade do servidor, o desempenho e as taxas de transferência de dados até os tipos de servidores (que podem variar entre dedicado, compartilhado e VPS). Todas elas sofrem um impacto direto dos fatores apresentados acima. O servidor dedicado, por exemplo, apresenta um desempenho melhor que os demais, porém é mais caro. O servidor compartilhado talvez deixe a desejar no quesito performance, mas possui um valor mais acessível. O servidor VPS, por sua vez, é considerado por muito um equilíbrio entre os outros dois tipos.

5º fator: Diferenciais
Se ainda está em dúvida quanto ao servidor ou empresa de hospedagem, fique atento ao que a empresa oferece como diferencial. Pode envolver desde uma configuração básica de WordPress para facilitar a postagem de blogs até um suporte diferenciado. Aqui entra a reputação da empresa e as críticas e avaliações de pessoas que já foram contempladas pelos serviços da empresa em questão.

Com as cinco categorias que apresentamos, fica mais fácil elencar os servidores por ordem de prioridade e características para, no fim, definir qual o tipo de servidor ideal para seu site.

Para mais informações sobre hospedagem de sites, continue conosco!



Você também vai gostar de:

Share This