web analytics

Como Criar um Site? O Guia Definitivo

Um guia simples e rápido para você criar seu próprio site em apenas 1 hora, mesmo que você nunca tenha feito isso antes, não saiba programar, não tenha conhecimentos de design e não tenha uma fortuna para gastar com agências.

 

Você planeja criar um site há muito tempo e não sabia por onde começar? Então você veio ao lugar certo.

 

Nós, da equipe do portal Dicas de Hospedagem, criamos nossos próprios sites há mais de 7 anos e desde 2010 publicamos no maior e mais completo blog sobre hospedagem de sites e presença na web.

Durante estes anos, desenvolvemos uma metodologia rápida e simples para colocar sites no ar em tempo recorde, sem gastar nem nosso tempo nem nosso dinheiro mais do que o necessário.

Você está a apenas 4 passos simples de ter um site no ar:

Passo 1

Plataforma a usar. Essa é a parte que acelera a criação do site. A maioria escolhe o WordPress (mais detalhes a seguir).

minutos

Passo 2

Domínio e hospedagem. O domínio é o seu endereço e a hospedagem o serviço que armazena o site.

minutos

f

Passo 3

Instalação e configuração da plataforma na hospedagem. Com nosso guia, vai ser uma tarefa simples. Nada a temer!

minutos

Passo 4

Escolha do tema visual e criação do conteúdo do seu site. Agora é a hora de ser criativo e dar vida ao seu site!

minutos

PRIMEIRO PASSO PARA CRIAR UM SITE

.

Vamos escolher a plataforma a usar para você criar seu site.

O primeiro passo é escolher qual plataforma você quer usar para construir seu site. Há muitas opções de gerenciadores de conteúdo que podem ser usados para facilitar a criação de um site e pular completamente a necessidade de saber programação ou ser um designer.

A questão é que criar seu próprio site, bonito e de acordo com padrões atuais de funcionalidade e design, não precisa ser uma tarefa complicada. Ainda assim, a sua decisão vai depender de uma pergunta:

 

Qual grau de conhecimento técnico você tem ou está disposto a adquirir?

Há duas grandes opções para criar um site facilmente que selecionamos. Uma delas é o WordPress, um software gratuito que pode ser instalado em qualquer serviço de hospedagem. A outra opção é usar um construtor fácil de sites, como o Siteflix, que não exige contratar hospedagem nem configurar nada.

Como criar um site com o WordPress

Considerações sobre o WordPress

  • É um software gratuito (mas exige um plano de hospedagem pago para ser instalado)
  • Dezenas de milhares de temas gratuitos e pagos
  • Plugins que ampliam a funcionalidade
  • Exige algum conhecimento técnico para instalar e configurar bem
  • Se der algum problema, você precisa procurar soluções na Internet sozinho
  • Os temas geralmente são bonitos e bem desenvolvidos, mas há uma limitação do quanto você pode personalizar deles sem saber programação
  • Como você pode modificar o código do WordPress, ele é perfeito para quem está confortável com linguagens de programação (PHP, HTML e CSS)

Como criar um site usando um construtor fácil

Considerações sobre construtores de sites

  • Não exige uma hospedagem ou instalação de programas (tudo vem pronto para usar)
  • Temas visuais selecionados e consistentes
  • Funcionalidades variam com cada plataforma
  • Não exige conhecimentos técnicos, basta fazer login e usar
  • Inclui suporte para ajudar no que for preciso
  • Na maioria das plataformas é possível personalizar bastante a aparência dos temas
  • Como é uma plataforma pronta para usar, você não pode modificar como ela funciona, o que é perfeito para quem não tem familiaridade com programação

→ Se você prefere um criador de sites que não exija conhecimentos técnicos, instalação de programas e simplesmente funcione sem esforços, então ferramentas como o Siteflix são a sua escolha.

→ Se você está confortável com a ideia de contratar você mesmo um plano de hospedagem, instalar e configurar um gerenciador de conteúdo (com a ajuda deste guia), então sua escolha é o WordPress. Continue lendo esta página.

SEGUNDO PASSO PARA CRIAR UM SITE

.

Agora seu novo site precisa de um nome e de uma nova casa.
Vamos registrar um domínio e contratar uma hospedagem?

O WordPress é um software gratuito, mas precisa de um serviço de hospedagem para ir ao ar. Você também precisa de um domínio, ou seja, o endereço “www.seusite.com” que você vai divulgar para todo mundo.

Essa é uma fase muito importante. Escolher bem seu domínio e o serviço de hospedagem são a diferença entre um site obscuro, lento e que ninguém acessa de um site rápido, que gera resultados e é encontrável!

.

________________

Quanto custa para ter um domínio e hospedagem?

A boa notícia é que essa parte custa muito pouco. Um bom plano de hospedagem sai por cerca de R$12 por mês (se você pagar anualmente, o que sempre compensa). Já o domínio sai por cerca de R$35 por ano.

A maioria dos serviços de hospedagem oferece também o registro de domínio facilitado, então o trabalho é reduzido. Basta escolher um bom plano de hospedagem e começar sem dificuldades.

Nós costumamos recomendar o plano de hospedagem WordPress da HostGator, que tem o melhor custo-benefício. 

Esse plano voltado para WordPress (e portanto o jeito mais fácil de implementar este guia) inclui:

  • 100Gb de armazenamento (o que é um absurdo de grande para qualquer site!)
  • Transferência ilimitada, ou seja, você pode enviar quantos visitantes quiser para seu site sem que a hospedagem corte os acessos
  • Contas de e-mail ilimitadas (para você ter o contato@seusite.com, essencial para passar profissionalismo)
  • Instalação fácil do WordPress em apenas alguns cliques (normalmente precisaria fazer upload do WordPress por FTP, criar e configurar um banco de dados, configurar o wp-config.php, instalar manualmente… mas nada disso é preciso com o instalador fácil, que só exige alguns cliques)
  • Suporte 24h por chat ou email
  • R$120,00 em créditos do Google Adwords para você anunciar seu site no Google 

O “Plano P” é suficiente para a maioria das necessidades. Você também poderá registrar seu domínio ao contratar a hospedagem, sem precisar recorrer a outros serviços, o que é uma enorme facilidade e vai economizar muito tempo com configurações.

________________

Quanto custa para ter um domínio e hospedagem?

A boa notícia é que essa parte custa muito pouco. Um bom serviço de hospedagem facilita essa etapa oferendo o registro do domínio juntamente com o plano de hospedagem. O registro de um domínio custa entre R$40 e R$45 por ano, a depender da extensão (.com, .com.br, .org, etc).

RESUMO RÁPIDO

Se você pretende criar um site ou um blog, você precisa registrar um domínio e contratar um serviço de hospedagem. Com o plano de hospedagem você já terá ilimitados endereços de e-mail que usam seu domínio e passam uma imagem mais profissional (ex.: contato@seusite.com.br)

________________

E se eu já tiver um domínio que registrei em outro lugar?

Sem problemas. Se você tem um domínio já registrado, poderá associá-lo ao novo plano de hospedagem durante a inscrição. Se você também já possui um plano de hospedagem, pule para o próximo passo.

________________

Como escolher um bom domínio para o meu site?

A escolha do domínio é fundamental para ter um site que seus visitantes lembrem facilmente! Veja algumas dicas para escolher bem:

Pense nas palavras-chave a usar

Quais as palavras-chave que descrevem seu negócio ou ideia por trás do site? Anote ao menos 10 delas e comece a fazer combinações até encontrar um bom nome.

Nome único

É importante registrar um domínio que não possa ser confundido ou outro já registrado. Nunca registre algo que seja apenas o plural, versão com hífen ou com escrita equivocada de uma marca já registrada. Isso pode gerar inclusive problemas legais!

Prefira as extensões do próprio país

Sempre que possível, escolha a terminação para o país da sua audiência. Prefira .com.br para o Brasil, por exemplo. Caso o domínio que você queira esteja indisponível, procure não registar usando uma terminação diferente – a maioria das pessoas vai tentar primeiro o .com.br ou .com, então seu site acabaria no esquecimento!

Torne o domínio algo fácil de lembrar para os visitantes

É verdade que muita gente busca um site primeiro no Google, mas ainda assim há as pessoas que vão tentar acessar seu site digitando submarca.com.br, por exemplo. Pense que o nome do site precisa ser intuitivo para os visitantes. Evite a todo custo traços, números ou símbolos.

Curto é melhor!

Na mesma linha da dica anterior: prefira um domínio curto e fácil de ser lembrado! Isso facilita até mesmo o uso otimizado do espaço em cartões de visita, material promocional, etc.

Share This